banner
publicidade
publicidade

Ferraço critica interferências na sucessão da Vale

Ferraço critica interferências na sucessão da Vale

O senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) pediu, hoje, para o governo Michel Temer impedir interferências partidárias no comando da Vale, repetindo “uma prática condenável das gestões petistas”. Ele lembrou que a sucessão na mineradora precisa ser assunto exclusivo dos seus acionistas, representado pelo Conselho de Administração, evitando pressões externas via fundos estatais de pensão e do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social). O mandato de Murilo Ferreira, presidente da Vale, termina em maio de 2017.

“A imprensa especializada tem alertado por seguidas vezes sobre movimentações de bancadas parlamentares na Câmara e no Senado para influir na escolha do novo presidente da empresa que tem forte presença em estados como Pará, Maranhão, Minas Gerais e Espírito Santo e que é estratégica para o país. Não podemos permitir a reprise desse erro, sobretudo depois de tudo o que assistimos de ruim com o aparelhamento político nos últimos anos”, discursou.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21