banner
publicidade
publicidade

Fibria envolve 646 alunos da Bahia em experiência pedagógica sobre conservação do solo

Fibria envolve 646 alunos da Bahia em experiência pedagógica sobre conservação do solo

Foram inscritos 16 projetos de escolas do município de Nova Viçosa

Sensibilizar alunos e professores sobre a importância do solo e implantar na escola e na comunidade tecnologias que ajudem a conservar esse recurso. Esse é o objetivo da ação que a Fibria vem desenvolvendo com alunos do 5º ano de escolas públicas e que faz parte do Projeto Experiências Pedagógicas nas Escolas. No sul da Bahia, a ação envolve 646 alunos e 26 professores de escolas do município de Nova Viçosa.

O Projeto Experiências Pedagógicas nas Escolas é uma iniciativa da Fibria com foco no desenvolvimento e formação ambiental de crianças e professores da rede pública. No primeiro semestre deste ano, os professores participaram de um encontro em que receberam informações técnicas sobre o projeto e o tema escolhido para abordagem em 2015: conservação do solo. Na sequência, os professores foram convidados a envolver os alunos e inscrever propostas de conservação do solo no projeto.

Durante o mês de agosto, a Fibria analisará os projetos inscritos para, com base nos  critérios estabelecidos, escolher as iniciativas de destaque por município, visando implementar a prática. As atividades são orientadas a partir do conteúdo do JornalEco, publicação editada pela empresa e distribuída em escolas públicas de municípios que fazem parte da sua área de atuação no Espírito Santo, Bahia, São Paulo e Mato Grosso do Sul, cujo objetivo é promover a consciência ambiental.

O Projeto Experiências Pedagógicas envolve 11 municípios distribuídos nos quatro estados onde a Fibria atua (ES, BA, SP e MS). São 85 escolas participantes e um total de 52 projetos inscritos, sendo 16 de escolas do município de Nova Viçosa, no sul da Bahia.

 

O tema conservação do solo foi escolhido para a atividade levando em conta o fato de a ONU – Organização das Nações Unidas ter declarado 2015 como o Ano Internacional dos Solos. O tema vem sendo trabalhado ao longo do ano no conteúdo do JornalEco.

 

Sobre a Fibria – Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria possui capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, com fábricas situadas em Três Lagoas (MS), Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Eunápolis (BA), esta última onde mantém a Veracel em joint venture com a Stora Enso. Em sociedade com a Cenibra, opera o único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, Portocel (Aracruz, ES). Com uma operação integralmente baseada em plantios florestais renováveis, a Fibria trabalha com uma base florestal própria de 970 mil hectares em áreas localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Bahia, dos quais 343 mil são destinados à conservação ambiental. A Fibria mantém cerca de 18.900 trabalhadores, entre empregados diretos e indiretos, e está presente em 254 municípios de sete Estados brasileiros.

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21