banner
publicidade
publicidade

Fibria inaugura Unidade de Produção de Mudas

Fibria inaugura Unidade de Produção de Mudas

A empresa investiu cerca de R$ 40 milhões no empreendimento, construído e operado a partir da contratação de trabalhadores da região

 

A Unidade de Produção de Mudas que a Fibria inaugura hoje (25/2), em Helvécia (Nova Viçosa/BA), é o segundo viveiro da empresa na Unidade Aracruz, que compreende as operações na Bahia e Espírito Santo (o primeiro fica em Aracruz/ES). Projetada para produzir 30 milhões de mudas de eucalipto por ano, a nova unidade vai atender a demandados plantios da empresa e de produtores fomentados do sul da Bahia. A Fibria investiu cerca de R$ 40 milhões na sua implantação.

A construção do viveiro de Helvécia envolveu mais de 20 empresas parceiras,consultorias especializadas e trabalhadores locais. O compromisso da Fibria coma contratação de trabalhadores locais antecedeu o início da construção do viveiro, quando, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural(Senar/BA), a empresa ofereceu cursos de qualificação para formar nas comunidades locais os profissionais que seriam demandados pelo empreendimento,tanto na fase de construção quanto na operação.

Além de gerar emprego e renda na região, o novo viveiro tem condições diferenciadas tanto no que diz respeito às estruturas físicas e de equipamentos, quanto em relação aos aspectos ergonômicos dos postos de trabalho, que oferecem mais conforto aos trabalhadores, conforme destacou Edmilson Bitti, coordenador do Desenvolvimento Operacional da Fibria.

A formação dos minijardins clonais do viveiro foi iniciada em setembro passado,com a implantação das 50 mil mudas iniciais. Atualmente já são mais de 100 mil plantas e elas é que dão origem às cepas que vão se transformar nas mudas a serem plantadas em campo. O processo de clonagem assegura que o material plantado em campo seja geneticamente idêntico à planta da qual foi originado,preservando suas propriedades, o que é fundamental para garantir a produtividade dos plantios florestais.

Sustentabilidade – Além de ser 100% coberta, protegendo as mudas da exposição ao sol, a unidade de Helvécia tem diferenciais importantes no que se refere à sustentabilidade e à qualidade da produção. No aspecto de estrutura e equipamentos, utiliza bandejas com maior espaçamento entre mudas, permitindo maior ventilação e entrada de luz e reduzindo a incidência de perdas por doenças, por exemplo. Conta, ainda, com um sistema de reaproveitamento de água da chuva na irrigação.

A água da chuva acumulada nos 82.000 m2 de cobertura do viveiro é canalizada para um reservatório e utilizada para irrigar as mudas. O efluente da irrigação, juntamente com a água da chuva das áreas não cobertas, é utilizado para irrigar plantios de eucalipto situados nas imediações do viveiro. O processo de limpeza e esterilização dos materiais de produção(bandejas e tubetes) é feito em aquecedor alimentado por energia solar, o que é outro diferencial da Unidade de Produção de Mudas.

Outra vantagem é que as fases de enraizamento e crescimento/aclimatação ocorrerão em um mesmo ambiente, o que é possível graças à cobertura móvel do viveiro e a um duplo sistema de irrigação. Esta facilidade elimina a necessidade de movimentação das mudas durante um processo delicado,favorecendo o seu fortalecimento.  Haverá, ainda, fornecimento de adubos de forma individualizada para as plantas do jardim clonal.

“Além do conceito de sustentabilidade e das facilidades operacionais, esta nova  Unidade de Produção de Mudas conta com tecnologia avançada que a coloca entre as mais modernas do setor”, observou Rodrigo Zagonel, gerente de Silvicultura e Viveiro da Fibria.

Sobre a Fibria – Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria possui capacidade produtiva de 5,25 milhões de toneladas anuais de celulose, com fábricas localizadas em Três Lagoas (MS), Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Eunápolis (BA),esta última onde mantém a Veracel em joint venture com a Stora Enso. Em sociedade com a Cenibra, opera o único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, Portocel (Aracruz, ES). Com uma operação integralmente baseada em plantios florestais renováveis, a Fibria trabalha com uma base florestal própria de 970 mil hectares em áreas localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Bahia, dos quais 343 mil são destinados à conservação ambiental. A Fibria mantém cerca de 18.900 trabalhadores, entre empregados diretos e indiretos, e está presente em 254 municípios de sete Estados brasileiros.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21