banner
publicidade
publicidade

Fibria promove treinamento anual para mais de 500 brigadistas da área florestal

Fibria promove treinamento anual para mais de 500 brigadistas da área florestal

Trabalho é fundamental para evitar que focos de incêndio causem maiores danos às florestas

 

A Fibria concluiu, em dezembro, o treinamento anual de sua brigada de incêndio. Mais de 500 profissionais participaram da capacitação em 2015, cujo processo foi desenvolvido em duas etapas – conteúdo teórico conceitual e conteúdo prático. Essa ação é resultado da parceira técnica, de pesquisa e desenvolvimento de mais de 10 anos com a Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), tendo como coordenador técnico o professor Nilton Fiedler. O treinamento foi ministrado pela Apires Consultoria Ambiental, empresa especializada no tema.

 

“Na parte teórica trabalhamos os princípios e dinâmicas de organização e desenvolvimento dos conhecimentos, habilidades e atitudes. Esse parâmetro define a competência das pessoas envolvidas nas ações de prevenção e combate a incêndios”, explicou Henrique Pires, instrutor especialista em combate a incêndios florestais.

 índice

Henrique destaca que o objetivo do curso é habilitar líderes e brigadistas a exercerem suas funções de forma integrada e mais eficiente nas situações de emergência envolvidas no combate aos incêndios florestais. “Os combates são ações realizadas de forma estratégica, por meio de métodos e técnicas, obedecendo ao fluxograma com definição das responsabilidades e funções nos três níveis de alerta que temos”, disse.

 

Assim que finalizado o treinamento, os brigadistas estão aptos a prevenir e combater os incêndios florestais e queimadas nas áreas de silvicultura e mosaico de preservação dos fragmentos remanescentes da Mata Atlântica dentro das áreas da Fibria.

 

“O trabalho dos brigadistas é fundamental para evitar que eventuais focos de incêndios se propaguem nas áreas florestais e causem perdas que podem levar décadas para serem revertidas”, comentou Edmilson Bitti, coordenador do Desenvolvimento Operacional Florestal ES e BA da Fibria.

 

O coordenador de Silvicultura da Fibria (Regional Aracruz), Guilherme Christo, observa que, além da abordagem prática, os treinamentos têm forte fundamentação teórica. “O conhecimento adquirido prepara as equipes para a melhor tomada de decisão durante o combate a incêndios florestais. Além disso, os participantes da capacitação passam a ser potenciais agentes de prevenção em suas respectivas comunidades”, finaliza.

 

Sobre a Fibria

Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos oriundos da floresta. Com capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. Em maio de 2015, a Fibria anunciou a expansão da unidade de Três Lagoas, que terá uma nova linha com capacidade produtiva de 1,75 milhão de toneladas de celulose por ano. A previsão é que a nova fábrica comece a operação no quarto trimestre de 2017. A companhia possui 967 mil hectares de florestas, sendo 563 mil hectares de florestas plantadas e 343 mil hectares de áreas de preservação e de conservação ambiental. A celulose produzida pela Fibria é exportada para mais de 40 países. Para mais informações, acesse www.fibria.com.br.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21