banner
publicidade
publicidade

Fibria Unidade Aracruz encerra 2010 com recorde de produção

A produção alcançou 2,25 milhões de toneladas nas três fábricas que a empresa mantém no Espírito Santo, que também tiveram performance positiva nos aspectos meio ambiente e segurança do trabalho.

Aracruz, 11 de janeiro de 2011 – A Fibria Unidade Aracruz encerrou o ano de 2010 com recordes na produção de celulose. A produção total das fábricas A, B e C somou 2,25 milhões de toneladas de celulose, superando em 49,6 mil toneladas a produção do ano anterior.

Nas fábricas B e C os números de produção também superaram as referências anteriores. Na fábrica B foram produzidas 843 mil toneladas, 20 mil a mais que em 2006, e na fábrica C, 897,9 mil toneladas de celulose, 11,3 mil toneladas acima da produção de 2009.

Estes recordes vieram acompanhados de outros resultados significativos. Alguns exemplos são o aumento do Índice de Qualidade da celulose: com 97,5% contra 96,6% do ano anterior; e o aumento de 2,5% na disponibilidade operacional, que foi de 90,8% em 2010.

Os resultados também foram positivos nas áreas de segurança do trabalho e meio ambiente. A Taxa de Frequência de Acidentes com e sem afastamento foi 35% menor que em 2009 e o coeficiente de gravidade teve redução de 60% na comparação com o mesmo período (considerando empregados próprios e terceiros). O Índice de Desempenho Ambiental (IDA), que avalia a performance da empresa nessa área, foi de 87,5%, contra 84% em 2009.

O gerente-geral Industrial da Unidade Aracruz, Paulo Silveira, salienta que os resultados demonstram a capacidade de realização da equipe. “Temos boas oportunidades e perspectivas para 2011, como alcançar a marca de 2,3 milhões de toneladas de celulose. Pretendemos ainda concluir e partir o novo branqueamento A, de forma bem planejada, para obtermos os benefícios ambientais, energéticos, de custos e de manutenção que o projeto trará”, ressaltou.

Branqueamento A
O Projeto de modernização do Branqueamento A da Unidade Aracruz da Fibria envolve investimentos de aproximadamente R$ 110 milhões e, após implementado, proporcionará redução no consumo de químicos, beneficiando o custo de produção; redução da carga de efluentes; e aumento da eficiência energética, medidas que contribuirão para a melhoria da performance ambiental da empresa.
As obras foram iniciadas no início de 2010 e estão gerando 500 empregos nesta fase. Com este projeto, a Fibria segue a sua estratégia de atualização tecnológica, de modo a manter a sua competitividade na economia global. A previsão é que as obras terminem em maio de 2011.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21