banner
publicidade
publicidade

Fla perde para Corinthians

O Corinthians venceu o Flamengo na noite desta quarta-feira no Engenhão pelo placar de 3 a 0 numa partida em que embora não tenha tido o predomínio da posse de bola, foi absoluto, seja por sua objetividade no ataque, ou pela tão marcante determinação tática, fazendo sucumbir um Flamengo sem criatividade. Com o triunfo, o time do Parque São Jorge chegou aos 11 pontos na competição. Por sua vez, o rubro-negro segue com 15 assinalados a seu favor.

Corinthians é melhor e abre dois de vantagem

O jogo começou no Engenhão e o que se via dentro de campo retratava muito bem os momentos distintos vivenciados por ambas as equipes. Enquanto o Corinthians mostrava ser um time bem treinado que sabia utilizar a velocidade de sua dupla de ataque e ainda tinha um sistema defensivo bem fundamentado, o Fla era dono da posse de bola, mas carecia criatividade em seu meio campo e em consequência, objetividade.

Não à toa, as melhores oportunidades eram corintianas. Aos dois minutos o time de Tite chegou pela primeira vez com Paulinho, que chutou para boa defesa de Paulo Victor. Nove minutos depois, foi momento de Emerson quase marcar após cruzamento de Danilo. Romarinho ainda teria outra chance aos 14.

Pelo Flamengo, Leo Moura era a válvula de escape que funcionava, todavia, muito pouco para o deserto imaginativo do time de Joel Santana. Não obstante, foi o Corinthians que seguiu apertando, mais uma vez com o incansável Romarinho, cabeceando para outra interceptação do camisa um rubro-negro e depois chutando de primeira bola ajeitada por Emerson para bela defesa de Paulo Victor.

O rubro-negro conseguiu chegar com perigo aos 23, quando Magal foi ao fundo e a bola passou na frente de Love, que não conseguiu complementar para as redes. Apenas um lapso num primeiro tempo inteiramente alvinegro.

O domínio dos comandados de Tite refletiu no placar aos 27, quando numa falha de Botinelli, Douglas roubou a bola, invadiu a área e tocou na saída do goleiro.

O gol corinthiano apenas acentuou as diferenças em campo e aos 39 foi a vez de Renato errar na saída de bola e o mesmo Douglas pegar de primeira para ampliar.

O final do primeiro tempo mostrava um Corinthians mais próximo da goleada que o Flamengo do empate. Muita coisa precisava mudar pelo lado rubro-negro para conseguir modificar a realidade da partida até então apresentada.

Corinthians amplia e vence com propriedade

A tragédia momentânea do Fla tornou-se definitiva aos nove minutos do período complementar, quando Romarinho levantou do centro para Danilo, que estava na entrada da área pela esquerda, desferir lindo chute de primeira e estufar as redes. 3 a 0 Corinthians.

O novo gol do time do Parque São Jorge fez sucumbirem as forças do time de Joel Santana e o jogo assumiu ritmo mais lento, como numa administração alvinegra de uma vitória já garantida.

Para piorar a vida do Fla, Emerson sofreu pênalti de Airton aos 26. Ele mesmo bateu, mas abusando do preciosismo cobrou mal e Paulo Victor defendeu.

Não havia muito por fazer e a vitória corinthiana tornou-se mera questão de tempo. Minutos intermináveis para Joel Santana que apenas podia ouvir a fúria das arquibancadas calado à beira do campo.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21