banner
publicidade
publicidade

Fábio Amorim resiste a prisão esboça confronto e termina baleado

Era por volta das 17 horas de sexta-feira 22 de junho, quando uma guarnição do CETO em uma blitz na Rua Mauá ordenou que o carro em que estava Fábio Amorim dos Santos, de 28 anos, juntamente com Danilo Brigido Costa, de 19 anos, parasse para que o mesmo fosse revistado, ao receber a ordem da PM para parar, Fábio Amorim que estava no volante do Fiat Pálio prata placa OCZ 0036, empreendeu fuga, o que fez os policiais do CETO saírem em perseguição.

Na altura da Rua Ipiranga próximo ao Colégio Manoel Cardoso Neto, Fábio Amorim acabou por perder o controle do veículo, parou o mesmo e tentou fugir, ao receber ordem para que parasse por parte dos policiais militares, o mesmo esboçou reação levando a mão a cintura para pegar o revólver Taurus calibre 38, sacou o mesmo e apontou em direção aos policiais, foi quando os policiais reagiram e atiraram contra Fábio, lhe atingindo na região do pescoço.

Ferido Fábio Amorim foi imediatamente socorrido ao Hospital Municipal, quando foi diretamente para o centro cirúrgico, para retirada do projétil, em seguida ficando internado na UTI do HMTF em estado gravíssimo, sob cuidados médicos.

Após socorrer a vítima os policiais militares compareceram a sede da 8ª Coorpin, quando fizeram o boletim de ocorrência para que fosse lavrado o auto de resistência, apresentando também o revólver, que teria sido usado pela vítima, assim como as 12 munições intactas, que se encontrava com o mesmo, o veículo que o mesmo utilizava, que estava com a porta do lado do motorista sujo de sangue também foi apresentado e será periciado.

Fábio Amorim vinha sendo procurado pela Polícia nos últimos dias, em razão do seu envolvimento com o tráfico de drogas, chegando inclusive a fugir de alguns cercos policiais.

Ao conversar com nossa reportagem a advogada da vítima, refutou a informação de que o mesmo estivesse armado, alegando que seu cliente já teria passado por duas blitz no mesmo dia, e em nenhuma da blitz lhe encontraram com arma.

O tenente coronel Osíris Cardoso comandante do 13º BPM, nos informou que o fato teria ocorrido justamente pelo fato de que Fábio Amorim teria passado despercebido por uma das blitz e quando ele sou ordenou que os policiais lhe interceptasse, foi quando se iniciou a busca, que acabou ocasionando a reação e o revide pela PM.

Por Jotta Mendes/reportercoragem


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21