banner
publicidade
publicidade

Governo federal orienta Colégios Militares a retomarem aulas na próxima segunda (21)

Imagem: Google Street View
Imagem: Google Street View

 

O Ministério da Defesa orientou os Colégios Militares de todo o Brasil retomarem as aulas na próxima segunda-feira (21), por já reunirem “excelentes condições” para receber os alunos, apesar da pandemia do novo coronavírus. As aulas estão suspensas desde o último dia 11 de março, quando foi reconhecida emergência de saúde pública no país.

Em nota, a Diretoria de Educação Preparatória e Assistencial (DEPA), responsável por gerir os Colégios Militares vinculados ao Exército Brasileiro, orientou a retomada das atividades presenciais com o que chamou de “rígida vigilância” aos protocolos sanitários. Entre as medidas, estão: postos de triagem na entrada, com álcool gel ou borrifador de álcool líquido para higienização das mãos e objetos; aferição de temperatura; conscientização dos alunos para cumprimento de higienização e afastamento; desinfecção de instalações e recomendação de distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas; uso de portas e janelas abertas nas salas de aula.

Na Bahia, o comando do Colégio Militar de Salvador (CMS) informou em comunicado que a unidade vai continuar com as aulas remotas. Apesar de pronto para receber alunos e professores, o documento assinado pelo coronel Rubem Mendes da Costa Neto diz aguardar liberação das autoridades para retomar as atividades letivas presenciais.

Tanto no estado quanto na capital baiana, as aulas presenciais estão suspensas por decreto. Em nota ao bahia.ba, a Secretaria Estadual da Educação informou que a determinação do governo federal diz respeito apenas aos Colégios Militares do Exército e não alcança, por exemplo, os Colégios da Polícia Militar.

Por outro lado, a pasta informou também que as aulas seguem suspensas por decreto e serão retomadas conforme calendário escolar a ser divulgado.

“A data de retorno das aulas ainda não está definida. As aulas só serão retomadas em condições de segurança, a partir da indicação das autoridades de saúde do governo do estado, no tempo adequado e seguindo os protocolos de segurança”, diz a nota da SEC.

A Secretaria Municipal da Educação (Smed) também foi questionada sobre o assunto, mas ainda não se manifestou.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21