banner
publicidade
publicidade

Homem foi morto no Bairro Colina Verde, com 5 cinco tiros

Homem foi morto no Bairro Colina Verde, com 5 cinco tiros, Esse o quarto Homicídio no quinto dia do mês.

A vítima se trata de Edimarcos Barroso Lima, 29 anos de idade, conhecido como “Marquinho da areia”, morador da Rua Paulo Afonso, no Bairro Castelinho. Ele foi morto com cinco tiros, sendo 02 no tórax, 01 braço esquerdo, 01 na mão esquerda e outro no abdômen. Segundo o Perito Dr. Marco Antônio Lima, dos cinco tiros que a vitima levou, três tiveram saídas do corpo,  e mais duas marcas nas paredes do Bar. Os disparados no mínimo 07(sete) tiros da arma do executor, que segundo as testemunhas ele ainda recarregou a arma antes de disparar os dois últimos tiros na vitima, em que só foi encontrado um projetil de calibre 38 próximo ao corpo. O fato ocorreu por volta das 19:40hs, no Bar Pirajá que fica na Av. Vinícius de Morais, sendo a principal de acesso do Bairro.

Os Policiais da CETO chegaram rápido no local, mas a vítima, já se encontrava  morta, foi quando os policiais isolaram o local, até serem substituídos por outros colegas policiais da 1º CIA. Compareceram no local a  Equipe do SILC, composta pelo o Delegado Dr. Marcos Antônio Neves, os agentes Jairo e Alex, que chegaram juntos com a Equipe do DPT, composta pelo o Perito Dr. Marco Antônio Lima, técnico Pedro Paulo e o auxiliar do IML, Milton Candido.

O Delegado Dr. Marco, obteve as seguinte informações através das testemunhas que estavam no local, que dois indivíduos chegaram no Bar, o carona desceu e foi em direção a porta do Bar, onde estavam algumas pessoas sentados em uma mesa na frente bebendo cerveja. Foi quando o homicida atirou várias vezes contra o Marquinhos. Mas quando o mesmo retornou para a moto o piloto disse para ele, “Você matou o cara errado, vamos embora, vamos embora, anda rápido”.

Familiares e populares declaram que Edimarcos “Marquinhos da Areia”, assim chamado por todos, não teria não nenhum envolvimento com coisas erradas e que o mesmo seria trabalhador, ela disse ainda que ele estaria no Bairro Colina Verde porque estavam construindo uma casa no bairro e que eles iriam se mudar ainda esse mês.

O delegado Marco Antônio Neves, disse que um inquérito policial vai ser instaurado para investigar as circunstâncias do homicídio e que já começou as investigações no local, que o alvo certo dos criminosos estaria também no Bar no momento da execução, e que se o mesmo for identificado será mais fácil chegar até os executores.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21