banner
publicidade
publicidade

II Copa CREA de karatê de Posto da Mata

II Copa CREA de karatê de Posto da Mata

Nova Viçosa – A ASKATEF fez bonito na 2° Copa de karatê interestilos de Posto da Mata. A academia ASKATEF participou com 60 atletas da Copa CREA de karatê. O shihan Bruce ficou muito envaidecido com o desempenho dos seus atletas no campeonato, já que o mesmo trabalha com crianças e adolescentes de projetos que mais uma vez fez bonito representando a cidade de Teixeira de Freitas. A copa foi organizada pelos professores Chermont e Eliane. O shihan Bruce levou quatro faixas pretas que atuaram como árbitros.

A academia ASKATEF vem trabalhando com crianças e adolescentes carentes junto ao projeto social “Adote um atleta”. Na contagem geral de pontos a academia ASKATEF ficou em segundo lugar, ficando atrás da academia Shuriken de Eunápolis e o terceiro com academia de Monte Pascoal.

Ainda participaram do evento academias de Nanuque, Porto Seguro, Posto da Mata, Itabatã e Mucuri.

Os shihan’s Chermont e Bruce agradecem a todos os alunos de educação física da faculdade Pitágoras que participaram como mesários do campeonato, a todos os pais, atletas e patrocinadores que ajudaram direto ou indiretamente, aos árbitros Marcus Vinicius, Celito Rodrigues, Adimilson Neres e Gutierre, todos alunos da ASKATEF.

Bruce aproveita e convida a todos para a realização do exame de graduação no próximo dia 19 de junho de 2011 no galpão da Associação da URBIS III às 8 horas.

Confira a classificação dos atletas de Teixeira de Freitas na II Copa de karatê interestilos de Posto da Mata:

O shihan Bruce ao lado dos caratecas que participaram da II Copa CREA de karatê de Posto da Mata.

O shihan Bruce ao lado dos caratecas que participaram da II Copa CREA de karatê de Posto da Mata.

Maria Eduarda Santana Matias – vice-campeã em kata e 3° lugar em luta categoria mirim 07 a 08 anos feminino; Letícia Carvalho dos Santos – vice-campeã kata e luta categoria mirim 07 a 08 anos feminino; Samilly Rocha Firmino – 3° lugar em kata; Ryan Santos De Jesus – campeão de kata categoria mirim de 07 a 08 anos masculino; Ana Julia Ribeiro Fernandes – campeão de kata categoria mirim de 07a 08 anos feminina; Yasmim Leite Neves dos Santos – campeã em kata e 3° em luta categoria mirim 05 a 06 anos feminino; Artur William Viana  Cardoso – 3º lugar em kata e 3º lugar em luta categoria mirim de 05 a 06 anos masculino; Mateus Pereira Ribeiro – 3º lugar em kata e 3º em luta categoria mirim de 07a 08 anos masculino; Vinicius Rocha Sales – vice-campeão em luta categoria mirim de 09 a 10 anos masculino; Naamã dos Santos Souza – 3° lugar em kata categoria infantil 11 a 12 anos masculino; Murilo Santos Souza – campeão em luta e 3° em kata categoria infantil 11 a 12 anos masculino; Beatriz Leite dos Santos – 3° lugar em kata categoria infantil 11 a 12 anos  feminina; Isabela Costa Pereira – campeã de kata categoria infantil 11 a 12 anos  feminina; Mateus Santos Cruz – campeão de kata e luta categoria infantil 11 a 12 anos  masculino; Lurdiana Almeida Piedade – campeã em luta categoria mirim  09 a 10 anos feminina; Geovana Ribeiro Silva – 3º lugar em kata 3° lugar em kata categoria  mirim 07 a 08 anos feminino; Mateus Cruz Marques – 3º lugar em kata categoria infantil 11 a 12 anos masculino; Maytane Cruz Marques – campeã de luta e 3° em kata categoria mirim 07 a 08 anos feminino; Henrique Bomjardim Santos – vice-campeão de luta e kata categoria infantil 11 a 12 anos  masculino de verde a preta; Gemima Santos de Jesus – campeã de luta categoria mirim de 09 a 10 anos feminina; Danielly Botelho de Queiros – 3° em kata e 3°em luta categoria mirim de 09 a 10 anos feminina; Tais Souza Costa – 3° lugar em kata e luta categoria infantil 11 a 12 anos feminina; Andressa Santos Amaral – 3° lugar em kata categoria  mirim 07 a 08 anos feminino; Íkaro Rocha Sales – 3° lugar em kata categoria infanto-juvenil 13 a 14 anos masculino; Beatriz Pereira Galvão – 3° lugar em kata e luta categoria juvenil  15 a 17 anos feminina de verde a preta e Wilson Francelino de Jesus – campeão de kata e luta na categoria máster 35 anos acima.


Industrial é o mais novo campeão eunapolitano

Equipe do Industrial, campeão do Campeonato Municipal de Eunápolis 2011.

Equipe do Industrial, campeão do Campeonato Municipal de Eunápolis 2011.

Eunápolis – O jogo em si foi muito acirrado do princípio ao fim. Aos 44 minutos do primeiro meio tempo de jogo, o Treinador Aélio Rios do Pequi, depois de uma jogada ríspida de um adversário contra seu jogador, em altos brados e gestos agressivo ele reclamava do árbitro da partida que correu até e o advertiu de expulsão. Aélio não gostou e partiu para cima do árbitro Elias Rufino com gestos agressivos, sendo contido pelos reservas da arbitragem, Nelson Mendes e Roberto Almeida, entretanto um determinado cidadão que estava no banco, resolveu se doer e avançou sobre a arbitragem, momento em que o tumulto se generalizou.

O estopim de toda confusão foi o treinador que em seguida foi expulso do campo de jogo pelo árbitro da partida, juntamente com seu companheiro agressor.

Terminado o tumulto, a Polícia Militar que fora chamada, em seguida chegou e o árbitro deu por encerrado o primeiro tempo e se encaminhou para o vestiário com seus auxiliares. Vale acrescentar que o árbitro em questão é o mesmo que na rodada passada pelo Campeonato do Juca Rosa, também foi agredido durante a partida que apitava. Elias Rufino Gonçalves, recentemente vindo de Teixeira de Freitas para o quadro de Arbitragem da Liga de Eunápolis é um excelente árbitro e nas duas partidas ele estava bem no jogo, entretanto, como explicar esse episódio.

Quanto ao jogo foi muito bem disputado com ligeira vantagem do Time do Industrial que dominou o Pequi de Aélio durante toda partida. Dirigido por Marcos Correia que, aliás, chega neste final de campeonato como revelação na qualidade de treinador de Futebol, já que ele era conhecido no Futsal de Eunápolis como Preparador Físico tão somente, o Industrial de Adélio Canciã venceu com mérito o jogo se sagrando campeão da temporada de 2011.

Apesar do tumulto, a arbitragem esteve bem sob o comando do Diretor de Arbitragem José Carlos Coutinho e o jogo dirigido por Elias Rufino Gonçalves, auxiliado por Eraldo Severino e Ronilson Ferreira. Na reserva e mesa Marcela de Jesus Venceslau, Nelson Mendes Lima Filho e Roberto Almeida.

Os gols foram marcados por Juliano, Mamá e Nau para o Industrial e de pênalti Hulk, considerado pela crônica esportiva, melhor jogador em campo, marcou para o Pequi.

A premiação ficou a cargo da Diretoria de Esportes da Prefeitura Municipal de Eunápolis com a presença ilustra da Diretora Adail Brito procedendo a entrega. Outros participantes na entrega da premiação foram Bispo Ronilton; Mário Alfaiate, Joelha Diretora do Vasco do Ponto Maneca; Mestre Binha, entregando brindes e a Professora Adail Britto que fez a entrega da taça de campeão à equipe do Industrial.


Projeto “Ginga na Escola” trabalha capoeira como instrumento pedagógico de inclusão social

Por Eduardo Biazzi*

O projeto atende crianças carentes e portadores de necessidades especiais, tendo como objetivo a inclusão através da capoeira

O projeto Ginga na Escola foi criado em 1999 para assistir crianças carentes do bairro Tancredo Neves através de aulas de capoeira e outras atividades pedagógicas.  Segundo o professor José Luciano Santos de Jesus, (professor Luciano) coordenador do projeto a ideia é usar a capoeira como instrumento pedagógico de inclusão social. O projeto tem como público alvo, crianças carentes de 5 a 16 anos, pouco assistidas pelas famílias e que estão vulneráveis a mundo das drogas e outras formas de violência. Atualmente o Ginga na Escola se expandiu e já atende também crianças do bairro Luís Eduardo Magalhães.  As aulas são ministradas em dias alternados para atender os dois bairros, nos horários das 17: 30 às 19 horas e aos sábados em horário normal. As oficinas acontecem na Escola São Geraldo e na Organização não Governamental Aselias.

O projeto visa não só aproximar a família dos filhos como também assisti-los na vida escolar. Segundo o professor Luciano, o aluno só recebe a “corda” de graduação de nível se estiver frequentando regularmente a escola. Todos os anos ocorrem uma grande roda de capoeira, (Batizado) onde vários estudantes são graduados nos diversos níveis.

Além das aulas práticas de capoeira, os alunos aprendem também regras de convivência social, disciplina e Ética e cidadania.  Luciano disse ainda que vários jovens foram encaminhados ao mercado de trabalho e estão empregados. “Certamente se essas crianças não fossem assistidas poderiam na idade adulta ter tomado outro rumo”, disse.

Para o vereador Edinaldo Resende, um dos colaboradores do projeto, a importante iniciativa é uma eficiente forma de minimizar a violência que agridem jovens e adolescentes em Teixeira de Freitas e prepara-los para a vida e para o trabalho. “A pedagogia moderna expandiu-se além dos muros escolares, hoje os espaços alternativos são muitos e, sem dúvidas a transversalidade educacional é eficiente e auxilia a escola no contexto da educação curricular normal”, disse o vereador.

Apesar do grande avanço e boas conquistas, o projeto ainda enfrenta dificuldades, falta transporte para intercâmbios com bairros e outros municípios, uniformes, instrumentos musicais e recursos para fornecer um lanche diário às crianças. Assessoria de comunicação do Vereador Edinaldo Rezende.

Começou o Campeonato Municipal de Itanhém

Itanhém – O Campeonato Municipal de futebol de Itanhém teve início no último sábado às 15h no Estádio o Teixeirão com as equipes da Segunda Divisão, com 12 equipes participantes dividida em 4 grupos  com 3 equipes em cada grupo com jogos do grupo A x grupo B e grupo C x grupo D, classificando as 8 melhores equipes para as quartas de finais.

O grupo A é formado por Monte Santo, Ibirajá e Bola pra Frente; Grupo B: W.L. Sonorização, Picorelly e Jota Cruz; Grupo C: Dias Fitnes, Frepão e Vila São José; Grupo D: Corró, Salomão e Segredo.

Na abertura foram realizados dois jogos. O Monte Santo venceu o WL Sonorização por 2 a 1 jogo realizado no sábado. Os gols foram marcados por Irinho e Luismar (Monte Santo) e Vaguinho (W.L.). Na outra partida o Dias Fitness goleou o Corró por 6 a 1, jogo acontecido no domingo às 13 horas. Os gols da partida foram assinalados por Gudinha (3), Jerrin, Thiago e Di (Dias Fitnes) e Marlone (Corró).

A primeira divisão são 8 equipes dividida em 2 grupos de 4 equipes jogando entre si no mesmo grupo,  classificando 2 equipes para as semifinais. A partida de abertura foi às 15h no domingo, dia 5 de junho, entre as equipes do Brasil e Ibirajá, a qual o Brasil venceu por 2 a 0.

A primeira divisão tem no grupo A – Ibirajá, Brasil, Flamengo e Bertopólis; pelo grupo B – Picorelly, Corcovado (M. Neto), Nova Geração e Batinga.

Próxima rodada

Sábado (11/06) – Pela segunda divisão, às 15h, Bola Pra Frente x Jota Cruz;

Domingo (12/06) – Pela primeira divisão, às 13h, Ibirajá x Picorelly (Ibirajá) e às 15h, Picorelly (Ibirajá) x Corcovado (Medeiros Neto).

Ypiranga vence e fica a um empate da elite

Jogando diante do seu torcedor, que vestiu uma parte do estádio de Pituaçu em amarelo e preto, o Ypiranga largou bem na semifinal da Segunda Divisão do Campeonato baiano. Jogando contra o Itabuna, o time da capital venceu por 1 x 0.

Logo com 2 minutos, a zaga vacila e bola sobra limpa para Helder, que entra na área, fica de cara com o goleiro, mas consegue errar o alvo. Mesmo com mais oportunidades no jogo, o Itabuna acabou sendo “traído” pela sorte, lavando um gol. Aos 34 minutos, Rogério Rios cruza, Lídio cabeceia, o goleiro Vandré faz a defesa parcial, mas na sobra, Júnior toca para o fundo das redes.

No segundo tempo o jogo caiu de qualidade, porém o Ypiranga esteve perto de ampliar o marcador, mas não conseguiu. O Itabuna também tentou, mas sem sucesso.

A partida de volta aconteceu ontem, sábado, 11, em Itabuna. O Ypiranga entra em campo com a vantagem do empate. Se o Itabuna devolver vencer com um gol de diferença, estará na final e na primeira divisão em 2012.

Curiosidades do Futebol

Cosmos

O Cosmos, de Nova Iorque, apareceu no cenário futebolístico com a contratação do rei Pelé. Conseguiu contratar outros grandes jogadores como Franz Beckenbauer e Carlos Alberto Torres, mas aos poucos foi se desaparecendo e não mais voltou ao mundo do futebol. Aqui uma partida onde o cosmos perdeu por 3 a 1 para o São Paulo, com gols de Renato (dois gols) e Paulo César, e marcou Chinaglia para o cosmos. Os dois times jogaram assim:

São Paulo – Waldir Peres (Toinho), Getúlio (Chiquito), Oscar (Nei), Dario Pereyra, Marinho, Almir (Élvio), Éverton, Renato, Paulo César (Assis), Serginho e Zé Sérgio. O técnico era Carlos Alberto Silva.

Cosmos – Birkenmeier, Eskandarian, Durgan, Bandov, Bogicevic, Van der elst (Borja), Romerito, Di Bernardo, Seninho, Chnaglia e Cabanas. O técnico era Weisweiller.(Fernado Costa Fernandes)

*Liomar Mota – Colunista de Esportes do Jornal Alerta


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21