banner
publicidade
publicidade

Índio denuncia invasão de terra de aldeia na Bahia: “Disseram que éramos bichos”

Índio denuncia invasão de terra de aldeia na Bahia: “Disseram que éramos bichos”

Índio denuncia invasão de terra de aldeia na Bahia:

Foto: Rovena Rosa/ABr

Um índio Pataxó Hãhãhãe denunciou, nesta segunda-feira (11), o desmatamento de terras na região pertencente à sua aldeia no município de Pau Brasil, sul da Bahia.

A área total tem cerca de 54 hectares. Para detectar o local do desmatamento, foi necessária uma caminhada de cerca de 16 km. “Quando chegamos, vimos alguns homens derrubando árvores próximo à nascente do rio que nos abastece e dissemos que ali era área demarcada e que eles não poderiam fazer aquilo. Eles responderam que não éramos nada, éramos bichos e não éramos donos de nada”, disse Tawary Titiah, da etnia Bainã. A Polícia Federal chegou a visitar o local, mas só encontrou árvores derrubadas. O Ministério Público Federal também foi comunicado.

A área, com cerca de 4,7 mil índios, tem índios de diversas etnias, é legalmente demarcada e pertence a eles desde 2013. Após seis meses da saída da Polícia Federal, que fazia a guarda da área, os ataques voltaram a acontecer. Titiah ressaltou que os habitantes da aldeia dependem da mata e dos espaços reservados para agricultura, de onde extraem sua subsistência, que estão ameaçadas pelas invasões e extração ilegal de madeira. Além da derrubada das árvores, queimadas foram realizadas próximo à nascente do rio.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21