banner
publicidade
publicidade

Inep diz que pedido de suspensão do enem é grave equivoco do MPF


O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), autarquia ligada ao MEC (Ministério da Educação) responsável pela aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), acionou a AGU (Advocacia Geral da União) para que atue contra a ação civil pública ajuizada pelo MPF (Ministério Público Federal) no Ceará que pede a suspensão do exame, que será realizado no próximo final de semana, 5 e 6 de novembro.

Nesta quarta-feira (2), o procurador da República Oscar Costa Filho pediu o cancelamento do exame por entender que a realização de provas em diferentes datas fere o princípio de isonomia da seleção.

Ao todo, 191.494 alunos inscritos para participar do Enem tiveram as provas adiadas por causa da ocupação de 304 locais de prova por estudantes secundaristas contrários à PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 241 e à reforma do ensino médio proposta pelo MEC.

No próximo final de semana, 97,78% dos 8.627.195 participantes comparecerão aos locais de prova que não registraram ocupações. Os demais farão as provas no dia 3 e 4 de dezembro. (Uol)


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21