banner
publicidade
publicidade

Integrante da quadrilha de Tiago 157 é preso pela Polícia Civil do Prado

Nos anos de 2015 e 2016 a quadrilha de “Tiago 157” tocava o terror na cidade do Prado. Em 6 de maio de 2016, ele na companhia de um comparsa identificado como “Cosminho”, chegaram a matar duas pessoas na cidade.

Uma de nome, Vanderson, conhecido como “Aduque” e o Luan Nascimento dos Santos, o “Dinho”. Nesse último caso, “Cosminho” pilotava a moto enquanto o “Tiago 157” ia na garupa, armado sempre com uma pistola 9mm. Eles conseguiram alcançar Luan que estava na companhia de outro rapaz, Daniel, que também seria alvo.

No momento da ação, a arma de “Tiago 157” falhou ao tentar atingir Daniel com o primeiro disparo, e com a fuga dele, os dois (Cosminho e Tiago) correram para cima de Luan, que foi baleado e caiu, foi apedrejado até a morte com o crânio esmagado. A delegada de polícia da época efetuou representação pela prisão preventiva, no Ministério Público e através de despacho fundamentado do juiz, a prisão foi decretada, tanto de “Tiago 157” como de Cosme Reis da Silva, o “Cosminho”.

Desde então a Polícia Civil vem fazendo incursões na tentativa de prender “Cosminho” visto que “Tiago 157” morreu em confronto com a Polícia Militar no ano de 2017. Através da troca de informação do setor de inteligência da Polícia Civil, tendo os Investigadores da Delegacia Territorial do Prado, trocado informações com o S. I. (Serviço de Inteligência) da Delegacia Territorial de Itabela, foi possível prender na última sexta feira, 12 de janeiro numa fazenda no Distrito de Montinho, o indivíduo “Cosminho”.

Ele foi recambiado para o Prado, onde foi interrogado e apesar de ter negado sua participação, acabou caindo em contradição em vários momentos dessa inquirição. O preso foi transferido para a carceragem da 8ª Coorpin e deverá ser levado ao Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, onde aguardará o desenrolar do seu processo quanto a esse homicídio, bem como do homicídio de Vanderson, “Aduque”, além também de já responder processo por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e uma tentativa de homicídio no ano de 2015.

Com a prisão de “Cosminho” a quadrilha de “Tiago 157” praticamente encontra-se desfeita, pois como já dito, “Tiago 157” caiu em confronto numa resistência com a Polícia Militar e seus dois comparsas, “Cosminho” e Mateus Ramos Gonçalves, preso em 9 de novembro de 2017, também pela Polícia Civil em cumprimento a mandado de prisão preventiva, estão fora de ação.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21