banner
publicidade
publicidade

Investigado da Operação Derrama é reeleito corregedor da Ales

O deputado estadual José Carlos Elias (PTB), que foi citado no processo que apura suposta fraude no processo de cobrança de impostos em prefeituras, foi reeleito corregedor-geral da Assembleia Legislativa para um mandato de mais dois anos. Entre as funções do corregedor, só para o leitor ter uma ideia, está garantir o cumprimento do Código de Ética, o Decoro e do Regimento Interno da Casa, além de preservar a dignidade do mandato parlamentar. Sem mais…

Sem aula 
O mesmo deputado apresentou projeto na Casa que decreta feriado nas escolas públicas e privadas todos os dias em que forem realizados os jogos da seleção brasileira na Copa do mundo de 2014. A ideia é deixar os estudantes livres para torcer pelo Brasil garantir o hexacampeonato. E os estudos, como ficam deputado?

Risco na Assembleia
Nesta quarta-feira, a deputada Janete de Sá (PMN) destacou em seu discurso a tragédia em uma boate no Sul do país onde morreram quase 240 pessoas. A parlamentar cobrou mais rigor na fiscalização desses estabelecimentos por parte das autoridades. Mas por ironia do destino, vejam só, a própria Assembleia não tem alvará do Corpo de Bombeiros para funcionar e ainda por cima está os extintores vencidos há mais de um ano, conforme denunciou reportagem exclusiva do Núcleo Investigativo da TV Vitória. Deve ser terrível trabalhar em um lugar assim…

Fiscalização 
Após ser reeleição para a Comissão de Infraestrutura da Assembleia, o deputado Marcelo Santos (PMDB) anunciou que fará um levantamento de todos os convênios do Governo celebrados com as prefeituras. Disse que a Coinfra vai fiscalizar obra por obra, das licitadas até a que foram paralisadas por causa de má gestão.

Insatisfação
A deputada Aparecida Denadai (PDT), que já não anda muito satisfeita com os rumos como vem sendo escolhidos os presidentes das comissões, deve ter ficado mais irritada ainda quando viu seu nome no Diário Oficial como integrante da Comissão de Defesa do Consumidor. Isso porque ela já tinha pedido várias vezes para retirá-la da função.

Cadê os vereadores?
Nesta quarta-feira, o presidente do Tribunal de Contas do Espírito Santo, Carlos Ranna, reuniu diversos prefeitos para a realização do II Seminário de Orientação aos Prefeitos. No encontro, os novos chefes de Executivos foram orientados a instalarem um sistema de controle interno em seus municípios. Vereadores, que são responsáveis pela fiscalização dos atos do executivo, também foram convidados, mas poucos apareceram. O vereador Osvaldo Maturano foi o único representante da Câmara de Vila Velha.

O jornalista Josué de Oliveira conta para os leitores tudo o que acontece nos corredores dos Três Poderes do Espírito Santo


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21