banner
publicidade
publicidade

IVANA, TEMÓTEO E SANCHES RECORRERÃO DE DECISÃO

Os deputados estaduais Alan Sanches, Ivana Bastos e Temóteo Brito, após serem surpreendidos  com a divulgação de suas expulsões do PMDB pela imprensa, disseram, em nota, aguardar apenas serem notificados de forma oficial para recorrerem da decisão. Os parlamentares afirmam que o presidente da sigla, deputado federal Lúcio Vieira Lima, “não está acima do bem e do mal, muito menos acima da lei e do estatuto do PMDB”. De acordo com Alan Sanches, não houve em nenhum momento fechamento de questão entre a bancada, nem resolução em relação à votação do projeto do Planserv, motivo alegado para a expulsão. “Ao contrário do que foi dito, a bancada estava liberada para votar de acordo com a sua consciência e o estatuto do PMDB é claro que nesse caso não existe possibilidade alguma de punição”, disse. O deputado questiona a existência de notas taquigráficas, citadas em nota pelo Conselho de Ética do partido, que justificaria o ato de expulsão por unanimidade. “Essas notas sequer estão disponíveis para os deputados na Assembleia Legislativa, nem na internet, nem na intranet, muito menos para o PMDB, o que comprova que tudo não passou de um blefe para nos perseguir. Ou seja, se basearam em algo inexistente, de forma premeditada com intuito claro de nos expulsar por não admitirem a possibilidade de que façamos parte da fundação de um novo partido [PSD] no Brasil”, defendeu.

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21