banner
publicidade
publicidade

Jovem de 19 anos é executada á tiros dentro de casa no Tancredo Neves

Neuza Brizola/Bahiaextremosul.

 

Luana Nascimento Cruz, 19 anos, foi executada á tiros na tarde desta quinta feira, 14 de julho, dentro de sua casa situada á Rua Valdomiro Martins, bairro Tancredo Neves em Teixeira de Freitas.

Segundo familiares, Luana que já tinha algumas passagens pela polícia tinha saído do presídio semana passada. Depois de solta, Luana foi para a fazenda do avô em Cachoeira do Mato e retornou nesta quarta feira (13).

 

 

Hoje á tarde, a jovem estava dentro de casa quando dois homens chegaram numa motocicleta, chamaram pela jovem, ela saiu e foi conversar com os homens, depois de alguns segundos conversando, um dos homens sacou a arma e começou a atirar. Atingida na lateral esquerda, Luana entrou correndo dentro de casa, o assassino foi atrás, a jovem tentou pular o muro mas como estava baleada não conseguiu. O assassino que veio atrás deu um tiro de misericórdia na nuca da jovem que morreu no local.

 

Luana havia sido presa em setembro de 2014 por assalto e porte ilegal de arma de fogo. Em 21 de maio do ano passado, ela foi presa juntamente com uma perigosa quadrilha composta por dez pessoas que atuava em Teixeira de Freitas. A quadrilha foi presa na Rua triunfo, bairro Estância Biquini com drogas e armas de grosso calibre.

Na época da prisão, a quadrilha tinha em seu poder 1 quilo e 225 gramas de “maconha”, 35 gramas de “crack”, 02 porções de “cocaína”, pesando 345 gramas. Além da droga, diversos aparelhos eletrônicos, entre celulares e tablets, balança de precisão, 01 pistola 9 milímetros de uso restrito, com a numeração raspada, 17 cápsulas intactas calibre 9 milímetro, 01 cápsula intacta calibre 380, 01 cápsula intacta calibre “ponto 40” e 01 cápsula intacta calibre 32, a quantia de R$ 2.240,50 (dois mil, duzentos e quarenta e cinquenta centavos) e diversos cadernos com anotações e contabilidades do tráfico, Luana e alguns integrantes da quadrilha foram autuados por tráfico de drogas.

A delegada Maria Luíza esteve no local para acompanhar o levantamento cadavérico. A perícia foi feita pelo coordenador da Mata sul, Dr. Manoel Garrido. Segundo o perito, a jovem foi morta com dois tiros com entrada e saída. O corpo foi removido para o IML. A polícia vai investigar o crime.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21