banner
publicidade
publicidade

LULA FALA PELA 1ª VEZ APÓS PEDIDO DE IMPEACHMENT DE DILMA


Um dia após o acolhimento do pedido de impeachment pelo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se encontrou com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB).

“Me sinto indignado com o que estão fazendo com o país. A presidente está fazendo um esforço para fazer a economia crescer. O presidente da Câmara tomou a decisão de não se preocupar com o Brasil. País está há um ano conturbado. Sem fazer as reformas que deviam ter sido feitas. Aqueles que queriam um terceiro turno viram no impeachment essa possibilidade.”

Ele repetiu a fala de Dilma que ontem, em pronunciamento, se disse “indignada”. Foi a primeira vez que Lula falou em público sobre o assunto após a aceitação do processo pela Câmara. Desde ontem, ele se mantinha em silêncio.

Lula afirmou ainda que o presidente da Câmara fez um gesto de “insanidade”. “No dia em que Cunha fez o anúncio tinham sido aprovadas as novas bases do orçamento de 2015. Foi um gesto de insanidade.”

Questionado se Cunha tenta salvar o próprio mandato, Lula tergiversou. “Prefiro não dar palpite em questões que envolvem o Judiciário. Tem muita gente sendo investigada. A gente quer que os inocentes sejam inocentados e que os culpados sejam julgados. Ele não deveria colocar os interesses dele à frente do país”, afirmou. As informações são do Uol.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21