banner
publicidade
publicidade

MAIS DE 30 POLÍTICOS ELEITOS NA BAHIA TÊM CONTAS REPROVADAS PELO TRIBUNAL

O noticiado parecer contrário às contas da campanha eleitoral do deputado estadual Marcelo Nilo (PDT), atual presidente da Assembleia Legislativa da Bahia – situação ainda não definitiva, já que será ainda julgada pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) -, chamou a atenção para os inúmeros casos de falhas ou irregularidades nos balanços dos candidatos no recente pleito. São vários os erros cometidos que acabam manchando a mobilização dos postulantes e de suas equipes na corrida pelo voto na urna.
Conforme levantamento, entre os deputados estaduais e federais eleitos para a próxima legislatura, mais de 30 aparecem com problemas na prestação. A corte eleitoral frisou que as considerações não são definitivas, pois ainda vão ser apreciadas.Documentos esquecidos, inconformidades no depósito de doações, problemas com doadores que não foram localizados por meio dos dados cadastrados são algumas das ações que comprometeram as informações. O certo é que os políticos agora terão que correr para se justificarem, já que a falta dos balanços impede a posse no cargo eletivo.

A obrigação de prestar contas sobre a arrecadação e os gastos realizados durante as eleições está prevista na Lei das Eleições e regulamentada pela Resolução TSE nº 23.406/2014. No caso de Nilo, ele explicou que suas contas estão sendo ajustadas, o que não deve trazer complicação. Conforme esclareceu através da assessoria de imprensa, ele foi apenas notificado para esclarecer pontos sobre o relatório final e, seguindo o prazo estabelecido, encaminhou as devidas retificações. (TB)


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21