banner
publicidade
publicidade

Manifestação política acaba com agressão a repórter em Prado

Manifestação política acaba com agressão a repórter em Prado

Por Márcio Hack
Fotos: Som

 

As manifestações que tomaram conta do Brasil nas últimas semanas serviram para comprovar que a população está insatisfeita com os rumos que toma o Brasil. Somos um país onde jogar bola e investir em estádios é melhor do que ter educação, saúde e segurança dignas.

Em suma, esses movimentos legítimos que conseguiram derrubar a PEC 37 (Proposta de Emenda Constitucional) que tirava os poderes de investigação do Ministério Público, derrubada por 430 votos a 09, estão servindo para mascarar movimentos políticos promovidos pelo grupo do ex-prefeito de Prado cassado Jonga Amaral, hoje patrocinados pelos vereadores Gilvan e Bruna, ambos do PC do B.

Na segunda tentativa de mobilizar a população, o grupo ateou fogo a pneus e fechou a rodovia que liga a cidade de Prado ao município de Itamaraju. O repórter do jornal Alerta News, que tentava cobrir o evento, acabou agredido pelo integrante conhecido por “Caboclo” e teve o equipamento danificado.

Apenas os sites que defendem os vereadores Gilvan e Bruna e que atacam a prefeita Mayra Brito na internet tiveram liberdade para trabalhar. Os demais, se não foram agredidos, foram ameaçados.

A polícia esteve no local para desobstruir a pista. Uma unidade do Corpo de Bombeiros de Teixeira de Freitas precisou ser deslocada para conter o fogo ateado em paus e pneus pelos manifestantes.

O movimento seria legítimo se não tivesse o cunho unicamente político.

Como se comprova através de fotografias, as pessoas que lideram o movimento – se não são funcionários ou parentes dos vereadores Gilvan e Bruna – são pessoas que fizeram campanha para o ex-prefeito cassado ou são pessoas que “passaram” no concurso público, já considerado irregular pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), e temem a anulação.

Quanto à agressão ao repórter, foi registrada queixa na Delegacia de Polícia Civil de Prado. O responsável pela agressão deve ser intimado nos próximos dias e, além de ter que pagar pelos prejuízos do repórter, poderá ser condenado a prestar serviços comunitários durante um período.

Quanto à parte da comunidade que acredita em manifestação pacífica, legítima e sem politicagem, as fotos acima falam por si.

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21