banner
publicidade
publicidade

Cães mortos durante operação policial em Ribeirão das Neves são condecorados

Os dois cães farejadores mortos durante uma operação policial realizada em Ribeirão das Neves, na Grande BH, foram cremados nesta sexta-feira (20). A cerimônia acorreu às 9h, no Pampulha Memorial Pet, na região da Pampulha.

Durante a cerimônia, os animais da raça pastor alemão, Lyon e Dox receberam honras militares por morrer em serviço. Após serem cremados, as cinzas foram levadas para a sede da 1ª Companhia de Missões Especiais, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, onde os cães foram novamente homenageados.

Essa foi a primeira vez que a Polícia Militar de Minas Gerais crema cachorros mortos em serviço.

Entenda o caso

Os animais foram mortos durante uma perseguição a quatro assaltantes que tinham acabado de manter uma família refém em Sete Lagoas, na Grande BH. A Polícia Militar mobilizou helicópteros, cães farejadores e cerca de 150 policiais do 40º Batalhão da PM, do Gate, da Companhia de Missões Especiais e do Corpo de Bombeiros. A ação terminou em Ribeirão das Neves com a prisão de dois suspeitos.

Durante a fuga, um dos acusados atirou contra os animais, que não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

*OTEMPO


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21