banner
publicidade
publicidade

MINISTÉRIO DE WAGNER SOFREU O 2º MAIOR CORTE NOS GASTOS DO GOVERNO

Mesmo sem ter o orçamento aprovado pelo Congresso Nacional, o governo reduziu o gasto para bem menos de 1/12  do valor total de 2014 previsto para manutenção da máquina pública.

O Decreto nº 8389, publicado hoje no Diário Oficial e assinado pela presidente Dilma Rousseff e pelo ministro do Planejamento Nelson Barbosa, estabelece um limite novo: 1/18 por mês.

Os ministério que sofreu o maior corte do o da Educação, com redução de R$ %86 milhões, vindo a seguir o Ministério da Defesa, comandado pelo ex-governador Jaques Wagner,  cujo corte foi de R$ 157 milhões.

No global os gastos de manutenção devem ficar em R$ 3,77 bilhões mensais, um terço a menos do que os R$ 5,02 bilhões pela regra anterior. A regra vale até que o novo Orçamento seja aprovado.

O corte está restrito a gastos não obrigatórios, então ficam de fora coisas como pessoal, aposentadoria e benefícios sociais. O Ministério do Planejamento ainda pode remanejar os recursos para cima ou para baixo, mas só com justificativa.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21