banner
publicidade
publicidade

Ministério Publico joga duro contra Cláudia Oliveira

Nossa redação acabou de receber a informação de que o MPE (Ministério Publico Eleitoral) de Porto Seguro, na pessoa do promotor Mauricio Magnavita, acaba de pedir para que seja marcada audiência para esclarecimentos e apresentação de cópia do histórico escolar da Deputada Estadual Claudia Oliveira e da sua filha, como forma de comprovar o seu Domicílio Eleitoral.

A Deputada se lançou pré-candidata à Prefeitura de Porto Seguro e para isso, teria alugado nas vésperas do prazo legal de comprovação de Domicílio Eleitoral, um imóvel num bairro nobre da cidade, que prevê a necessidade de residência do candidato no domicílio de sua pretensa candidatura, pelo menos um ano antes da data da eleição. 

O PPL-Partido Pátria Livre entrou com pedido de impugnação do domicílio eleitoral de Claudia Oliveira, em Porto Seguro, por entender que a Deputada nunca teve residência fixa no município. Vários casos semelhantes a este: em Minas Gerais e em nosso estado, já foram indeferidos pelas justiças locais e, consequentemente, considerados irregulares os alistamentos eleitorais.

Desta forma fica claro que a possível candidatura de Claudia Oliveira, em Porto Seguro, poderá ser impugnada pela Justiça Eleitoral, por entender que a deputada nunca residiu na cidade.(todahoranoticias)


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21