banner
publicidade
publicidade

Ministro acredita que Reino Unido deve reduzir

Foto: ReproduçãoWilliam Hague, ministro de Relações Exteriores britânico, acredita que o Reino Unido poderá se beneficiar reduzindo os vínculos com a União Européia (UE). Ele afirma que gostaria de ver uma “repartição de competências” de Bruxelas.

Em entrevista publicada pelo “The Times”, neste sábado, o chefe diplomata elogiou um grupo de correligionários do Partido Conservador que constituíram um comitê para revisar os vínculos com a UE e responsabiliza os liberal democratas pela postergação do assunto em segundo plano.

O britânico nega que a posição contrária à UE possa prejudicar o partido, mesmo que representantes da ala mais progressista já tenham advertido que seria um erro se distanciar da integração européia voltando a zona de conforto.

Hagen acredita que o afastamento de Bruxelas teria impacto no Reino Unido e também sustenta que o país pode avançar.

Na entrevista, ele declara que a criação da zona do euro sem maior integração fiscal e orçamentária de seus membros “foi sempre um crasso erro”, assinalando que o Reino Unido ficou fora e isso poderia ampliar “mais áreas no futuro”.

As afirmações do ministro de produzem às vésperas do final de mês do congresso anual do Partido Conservador, após queixas de que a cúpula não está cumprindo com sua promessa de afastamento de Bruxelas.

As informações são da “Agência EFE”.

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21