banner
publicidade
publicidade

Monte Santo: pai das crianças adotadas irregularmente tem casa incendiada

  A casa de Gerôncio de Brito Souza, pai das cinco crianças que foram tiradas de casa e entregues para adoção a famílias paulistas foi incendiasa na madrugada da quarta-feira (21) em Monte Santo e ficou completamente destruída. A polícia ainda investiga se o fogo começou acidentalmente ou se foi um incêndio criminoso.
 

Gerôncio prestou queixa por acreditar que o fogo foi provocado de forma criminosa. A vítima, perdeu todos os pertences. “Meus sapatos, minhas roupas, meus móveis e minha comida foi toda queimada, agora estou largado”, disse. A casa era alugada. Ninguém estava no local no momento do incêndio e uma irmã de Gerôncio, que mora ao lado, foi quem viu o fogo consumindo a residência e ajudou a conter as chamas com baldes de água, juntamente com filhos e marido.

Adoção – Cinco filhos de Gerôncio com a lavradora Silvânia da Silva, inclusive uma criança de 2 meses, foram tirados da casa dos pais pela polícia para adoção. As crianças foram entregues a quatro casais de São Paulo, entre maio e junho do ano passado. Há suspeita de irregularidades no processo. A CPI do tráfico de pessoas também investiga o caso e chegou a ouvir Silvânia.

O Ministério Público da Bahia pediu a revogação das guardas provisórias das crianças. O juiz Luiz Roberto Cappio, que analisa o pedido, deve divulgar sua decisão sobre o caso na sexta-feira (22), segundo o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

O juiz Vítor Manoel Xavier Bizerra, então responsável pela comarca de Monte Santo, município baiano onde houve denúncia de adoção irregular de crianças,  disse no início do mês que as informações sobre o caso da guarda de cinco crianças de uma mesma família têm sido distorcidas. Ele alegou também que há tentativa de intimidação ao Judiciário no trabalho de proteção aos menores.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou, no mês passado, que a Corregedoria do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) investigasse se o juiz Vítor Bizerra cometeu irregularidade ao autorizar que as cinco crianças fossem retiradas da guarda dos pais e entregues para adoção a quatro casais de São Paulo. Ele também foi ouvido pela CPI.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21