banner
publicidade
publicidade

Moradores de Rancho Alegre fecham a BR 101 para pedir segurança e professores nas escolas

 

 

 

Moradores do distrito de Rancho Alegre, distrito de Caravelas, fecharam por volta de 6h30 da manhã desta quarta feira (27), os dois lados da BR 101, para protestar contra a violência. Os carros parados de um lado e outro da rodovia formaram vários quilômetros.

A violência cresce a cada dia na comunidade e nas redondezas, e os moradores da comunidade que tem cerca de 1500 habitantes protestaram pedindo segurança e justiça para a morte de Felipe Lisboa de apenas oito anos, morto á pauladas durante um assalto ocorrido na última sexta feira (22), por dois menores quem moram no distrito.

 

 

“Passo aqui sempre a noite mais confesso que ás vezes tenho medo, pois os moleques ficam tacando pedra tentando parar os carros”, disse Marcelo, motorista de uma empresa que presta serviço as empresas de eucaliptos. Mesmo sendo um transtorno ficar parado em meio ao pretexto, o motorista acha que o povo está certo, pois os políticos só agem quando são provocados.

 

Mesmo sendo uma comunidade pequena, a violência tem assustado os moradores, só este ano, foram cinco homicídios, inclusive o de um idoso de 80 anos, cometido pelos assassinos confessos de matar o pequeno Felipe e agredir á pauladas o pai do garoto.

 

Os manifestantes fecharam as duas faixas da rodovia, no Km-900 com pneus e galhos de árvores e com faixas, pediam segurança e professores, pois segundo os moradores, a Escola Polivalente que é uma extensão do Colégio Francisco Henrique, não tem professores e os alunos estão sem aula.

Islane, outra moradora da comunidade, mãe de dois filhos pequenos disse que, a falta de escola e o descaso do prefeito Jadoson Ruas tem contribuído para o aumento da violência, pois segundo ela, as escolas estão sem professores porque não recebem e as crianças ficando na rua só vai aprender o que não presta ” o prefeito só pensa em carrões e ganhar dinheiro, enquanto isso, nós aqui vivemos a mercê da violência e esquecidos pela administração municipal” disse a dona de casa que teve de largar o emprego em um viveiro para cuidar de suas crianças.

 

 

Já o vereador Paulo Barreto, representante da comunidade, disse que ele não poderia ficar indiferente ao crime bárbaro que vitimou Felipe Lisboa de 08 anos, crime cometido por dois moradores de rancho Alegre “a gente como morador e representante do município de Caravelas fica triste com esse crime brutal. Esse fato triste e doloroso, penso que aconteceu por causa do descaso na educação, quando se trata e educação e quando não se tem uma atenção voltada para ela a tendência dessas crianças é enveredar para o crime” disse o vereador.

 

 

Paulo também falou que a escola Polivalente sem professores, ele vê como falta de compromisso do Governo do estado, bem como do próprio município “porque quando acontece um crime bárbaro como esse que aconteceu aqui, eu acho que isso é efeito de nossa educação, assim também é com nossa segurança. Não adianta prender a criança se a gente não tem uma educação á altura para tirar esses jovens da criminalidade e das drogas que é o que está acontecendo aqui em Rancho Alegre. O que vai colocar esses jovens no mundo do crime é a criança fora da escola.” finalizou Barreto.

A pista só foi liberada por volta de 09 horas.

#BahiaExtremosul


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21