banner
publicidade
publicidade

MORO DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE “OPERADOR” DE SÉRGIO CABRAL

MORO DECRETA PRISÃO PREVENTIVA DE “OPERADOR” DE SÉRGIO CABRAL


O juiz federal Sérgio Moro decretou nesta segunda-feira (21) a prisão preventiva de Wilson Carlos, apontado como operador administrativo do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB). Wilson Carlos foi preso em caráter temporário na quinta-feira (17), na Operação Calicute, etapa da Lava Jato.

A decisão do magistrado acolhe pedido da Procuradoria da República que havia pedido a conversão da temporária em preventiva, que coloca Wilson Carlos em custódia por tempo indeterminado.

Wilson Carlos foi secretário de Administração da Gestão de Sérgio Cabral. Segundo delatores da Lava Jato, ele “era o operador administrativo do ex-governador, sendo responsável pela organização da forma de pagamento e da cobrança das propinas ajustadas pelas empreiteiras com Sérgio Cabral”.

Na decisão, Moro afirmou que “os indícios cumpridamente analisados nesta decisão somam-se ao teor dos depoimentos prestados pelos quatro colaboradores, incluindo um ex-diretor da Petrobras e três altos executivos da Andrade Gutierrez, analisados na decisão de 10 de novembro de 2016, segundo os quais teria havido pagamento de propinas pela Andrade Gutierrez a Sérgio Cabral, a Carlos Miranda e a Wilson Carlos, em vários contratos e obras públicas”. (Estadão)


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21