banner
publicidade
publicidade

Mulher do sargento morto em Salvador é suspeita

A mulher do sargento da Polícia Militar de Salvador, assassinado na manhã desta quinta-feira (11) é a principal suspeita do crime, de acordo com informações da polícia. Ainda de acordo com a polícia, os tiros que mataram o PM saíram da arma dele.

Logo no início da manhã, a polícia já estava no apartamento onde o policial militar morava com a mulher e o filho de cinco anos – no bairro de Tancredo Neves – em busca de pistas. O sargento estava há cinco meses na Rondesp, o departamento de Rondas Especiais. Segundo a mulher do PM, na manhã desta quinta, dois homens entraram no apartamento, trancaram ela e o filho em um quarto e o mataram com dois tiros. No meio da manhã o corpo da vítima foi retirado do prédio.

O caso chamou a atenção de jornalistas, que se concentraram em frente ao apartamento do policial. A mulher do PM, foi para a delegacia em Tancredo Neves para ser ouvida. Depois de cerca de duas horas de depoimento ela foi levada para o departamento de polícia técnica.

A mulher do policial ficou no Instituo Médico Legal por cerca de 2h. Ela fez os exames de lesões corporais e de resíduo de disparo, que mostra se há fragmentos de pólvora nas mãos. Ela está sob custódia policial, o que significa que ela fica o tempo inteiro, acompanhada por dois policiais civis.(G1Bahia)

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21