banner
publicidade
publicidade

Não há casos de H1N1 no Extremo Sul da Bahia

Não há casos de H1N1 no Extremo Sul da Bahia

 

 

De acordo com dados divulgados na manhã desta quinta-feira (14) pela Secretaria de Saúde do Estado (SESAB), não há casos confirmados de H1N1 no Extremo Sul da Bahia.

 

 

Em casos de quadro gripal grave, a recomendação das entidades de saúde é de que faça a coleta de material para diagnóstico, obedecendo ao protocolo de atendimento. O único laboratório- SUS da Bahia que faz essa análise fica em Salvador e os resultados são conhecidos num período de até 30 dias.

 

 

Essas medidas de atendimento foram adotadas em Teixeira de Freitas, quando na quarta-feira, 13, deu entrada na Unidade Municipal Materno Infantil-UMMI uma criança de 8 meses apresentando graves problemas respiratórios característicos de infecção gripal sucedida por pneumonia.

Segundo a direção da Unidade, amostras do material da criança foram coletadas durante o atendimento, momento em que foi ministrada medicação para conter o quadro infeccioso pulmonar e,  por precaução, outros membros da família também tiveram amostras de secreção coletadas para exames.

 

 

Conforme informou um dos médicos que atendeu a criança, o paciente teve uma evolução muito rápida no quadro, não havendo tempo para uma resposta ao tratamento. O material para os exames foi enviado ao laboratório para que se identifique a o agente causador do quadro que culminou com o óbito. Até o momento não houve tempo necessário para a definição do agente causador da doença.

 

 

Período de vacinação

 A 18ª Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe  foi antecipada para a próxima segunda-feira (18) na Bahia, segundo anunciou a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A primeira previsão era para o dia 30. A imunização protege contra o vírus H1N1 e no dia 30 será realizado o Dia D.

A vacina estará disponível em postos e centros de saúde para idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menos de cinco anos e trabalhadores da saúde (público e privada). A imunização também atende mulheres grávidas e puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade, sob medidas sócioeducativas.​


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21