banner
publicidade
publicidade

NOVA FAIXA DO MINHA CASA MINHA VIDA DEVE SAIR ATÉ O FIM DO MÊS

Deve sair até o fim deste mês a normatização da execução da Faixa 1,5 do programa Minha Casa, Minha Vida, que prevê a construção de 40 mil unidades habitacionais em todo o país, destinadas a quem ganha entre R$ 1.650 e R$ 2.350.  O subsídio à compra será de até R$ 45 mil por unidade. O valor do imóvel não pode ultrapassar R$ 135 mil e a taxa de juros fica em torno de 5% ao ano.
Os representantes do setor da construção civil na Bahia comemoram a medida, mas ressaltam que, mesmo se fosse totalmente destinada à Bahia, essa quantidade seria insuficiente para suprir as demandas dessa faixa de renda.
O presidente do Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon-BA), Carlos Henrique Passos, destaca que as contratações só vão acontecer depois que a questão for normatizada pela Caixa Econômica Federal, instituição que opera e financia o programa, além do Banco do Brasil, o outro financiador.
“É uma medida importante, mas esperamos que no ano que vem haja um aumento significativo no número de imóveis”, afirma Passos. Sua empresa, a Gráfico Empreendimentos, tem alguns projetos prontos para a construção de edifícios voltados para essa faixa de renda na Bahia e em Pernambuco. E aguarda a normatização para apresentar as propostas  à Caixa.
O presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), Luciano Muricy, ratifica a versão de que o número é muito modesto, mas que uma eventual expansão a partir do ano que vem pode significar um impulso significativo para o mercado.
“Esse número, 40 mil unidades, é pouco para um país das dimensões do Brasil. Mas contamos que a partir do ano que vem haja um incremento”, avalia Muricy. (A Tarde


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21