banner
publicidade
publicidade

NOVA FASE DA LAVA JATO PRENDE EX-GERENTE EXECUTIVO DA PETROBRAS


A 20ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta segunda-feira (16), teve como objetivo buscar provas documentais sobre crimes cometidos dentro da Petrobras e desvendados pela Operação Lava Jato.

Além disso, Roberto Gonçalves, ex-gerente executivo da petrolífera, e Nelson Martins Ribeiro, apontado como operador financeiro, tiveram a prisão temporária decretada por suspeita de participação no esquema criminoso de fraude, corrupção e desvio de dinheiro. Ambos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba. A previsão é de que eles cheguem ao local por volta das 19h desta segunda-feira.

James Walker Junior, advogado que representa Roberto Gonçalves, explicou que o cliente participava tecnicamente dos contratos firmados pela Petrobras. “Todas as gerências de todas as diretorias participam de todos os contratos da Petrobras. E ele como um técnico participou tecnicamente de todos estes contratos (…)  Mas ele não teve ingerência em todos esses contratos”, disse o advogado. Junior disse também que vai esperar ter acesso à decisão da Justiça Federal de prender Roberto Gonçalves para analisar se vai recorrer ou não.

A 20ª fase da Operação Lava Jato cumpriu 18 mandados, sendo dois de prisão temporária e 11 de busca e apreensão. A Justiça Federal ainda concedeu cinco mandados de condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento – todos relacionados a ex-funcionários da Petrobras. (G1)


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21