banner
publicidade
publicidade

Nova linha de investigação pode inocentar suspeito da morte de Dalmo

 

Teixeira de Freitas: Quinsei Vieira Borges, que teve a prisão decretada pelo juiz da vara criminal da comarca de Teixeira de Freitas, Argenildo Fernandes, em razão de suspeita de que poderia ser o autor do homicídio do odontólogo Dalmo Almeida Guerra, de 44 anos, morto no último dia 02 de setembro, pode ter sua inocência comprovada, mediante uma nova linha de investigação, que a polícia passou a trabalhar.

Os novos rumos da investigação tiveram início, quando Quinsei, conseguiu comprovar que os arranhões encontrados em seu braço teriam sido provocados por acidente de trabalho, e não em luta corporal com a vítima Dalmo Guerra.

 

Os indícios que levaram a Polícia Civil suspeitar de Quinsei e representar por sua prisão temporária, foi pelo fato de o mesmo residir junto com a vítima, e não ter sido localizado no dia do crime. Com os aranhões e a ausência do mesmo, os indícios foram suficientes, para que o juiz Argenildo Fernandes optasse pela decretação da prisão do suspeito, pelo prazo de 30 dias.

Prisão que como adiantou o delegado Marcus Vinícius, coordenador regional da 8ª Coorpin, que preside o inquérito em conjunto com o delegado Manoel Eduardo Costa Andreeta, pode ser relaxada a qualquer momento, em razão da falta de provas contra o acusado, que chegou a entrar em contradições nos primeiros depoimentos, mas que conseguiu até o momento provar que não tem participação na referida morte.

Por: Jotta Mendes

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21