banner
publicidade
publicidade

NOVO MINISTRO DO STF, ALEXANDRE DE MORAES, PROCESSA FACEBOOK E GOOGLE

NOVO MINISTRO DO STF, ALEXANDRE DE MORAES, PROCESSA FACEBOOK E GOOGLE

O novo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes, processa os pais de dois menores de idade, o Facebook e o Google por causa de notícias com título modificado que relacionam seu nome como advogado da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), que atua dentro e fora de presídios em todo o Brasil.

Moraes é autor de três processos em curso em varas cíveis no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) relacionados ao caso. Além de três pelos dois menores de idade e das gigantes da internet, são processados nestas ações mais uma empresa e outras três pessoas. Tudo começou quando o jornal “O Estado de S. Paulo” publicou uma reportagem , em 9 de janeiro de 2015, pouco após ele assumir a SSP-SP no governo de Geraldo Alckmin. 

A matéria informava que ele constava como advogado em 123 processos envolvendo a cooperativa no TJ-SP.A entidade era uma de cinco associações e empresas citadas em investigação que apura suposta formação de quadrilha e lavagem de dinheiro da quadrilha. No mesmo dia, o jornalista Luís Nassif reproduziu um resumo da notícia em seu blog, com o título “Secretário que deveria combater o PCC advogou para cooperativa de vans”.

A notícia rapidamente espalhou-se pelas redes sociais e pouco depois apareceu no “Portal Metrópole”, uma página no Tumblr, com o seguinte título: “O novo secretário de segurança pública do Estado de São Paulo foi advogado do PCC”. Foi o início dos processos.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21