banner
publicidade
publicidade

Operação Bavaria:prende 11 pessoas por comercialização ilegal de cerveja

ES: Nurocc prende 11 pessoas por comercialização ilegal de cerveja

O Núcleo de Repressão a Organizações Criminosas e à Corrupção (Nurocc) realizou, nesta sexta-feira(16), a segunda fase da Operação Bavaria, em ação conjunta com o Departamento de PolíciaJudiciária (DPJ) de São Mateus e a Secretaria de Estado da Fazenda do Espírito Santo (Sefaz). Ao todo, 11 pessoas foram presas por comercialização ilegal de bebidas alcoólicas, principalmentecerveja.

A operação ocorreu simultaneamente nos municípios de São Mateus, Fundão, Montanha, Conceiçãoda Barra, Jaguaré, Nova Venécia e no Sul da Bahia. Os detalhes foram divulgados em coletiva àimprensa na tarde desta sexta-feira pelo delegado do Nurocc, Jordano Leite.
Foram cumpridos 11 mandados de prisão temporária e 14 mandados de busca e apreensão.
Os presos são proprietários de supermercados e empresários do ramo de distribuição de bebidas.Eles responderão por crimes contra a economia popular, sonegação fiscal e formação de quadrilha.
A Operação Bavaria teve como objetivo reprimir a comercialização ilegal de bebidas alcoólicasprovenientes da Bahia, sem o devido recolhimento de impostos.
As bebidas ilegais resultaram num prejuízo ao Espírito Santo de aproximadamente R$ 750.000,00 (setecentos e cinquenta mil reais) por mês.
Números da Operação 
– Onze presos (sendo quatro proprietários de supermercado e sete proprietários de distribuidora debebidas)
– Dois caminhões apreendidos
– Um veículo Montana
– Um total de oito caminhões de bebidas
– Um revólver calibre 38
– 4.800 maços de cigarros
A Operação Bavaria 
A Operação Bavaria foi desencadeada, no início de fevereiro, após investigações que duraram doismeses, realizadas em conjunto com a Sefaz.
A primeira fase da ação teve como resultado a apreensão de cinco caminhões carregados comengradados de cervejas vindos da Bahia sem notas fiscais e com indícios de roubo.
Os comerciantes que foram flagrados praticando a atividade ilícita foram interrogados, multados etiveram de responder por crimes de sonegação fiscal, receptação e formação de quadrilha.
Na ocasião, foram alvos de buscas pelos policiais e auditores da Receita Estadual 15estabelecimentos comerciais localizados nos municípios de Nova Venécia, São Mateus, Jaguaré eFundão.
*Assessoria de Comunicação / Sesp Cláudio Figueiredo/ Rubens Gomes/ Bárbara Heringer/ Susana Kohle


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21