banner
publicidade
publicidade

Operação Forças Integradas fecha boca de fumo

Policiais da 44ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), 13º Batalhão de Teixeira de Freitas, 43ª CIPM/Itamaraju, 7ª CIPM/Eunápolis e Companhia Independente de Policiamento Especializado Mata Atlântica realizaram neste sábado (24/11), das 15 às 22 horas, nas cidades de Itanhém e Medeiros Neto, a terceira etapa da “Operação Forças Integradas”, que tem como objetivo prevenir e combate à criminalidade, especialmente o tráfico de drogas. As duas primeiras etapas foram executadas, respectivamente, em Teixeira de Freitas e Itamaraju.

Idealizada pelo tenente coronel Osíris Moreira Cardoso, comandante do 13º Batalhão e devidamente aprovada pelo coronel Antônio José Barbosa Reis, do Comando do Policiamento Regional Sul, a “Operação Forças Integradas” vem demonstrando resultados bastante significativos no combate ao crime.

Os policiais cumpriram onze mandados de busca e apreensão de drogas e armas, expedidos pelos juízes Ricardo Costa e Silva, da comarca de Itanhém, e Andrea Gomes Fernandes Beraldi, da comarca de Medeiros Neto. Uma boca de fumo foi fechada, uma arma apreendida e quatro pessoas foram presas.

Em Itanhém Gabriel Ferreira da Costa Neto, mais conhecido por Gabriel do Bar, e sua esposa Sandra da Rocha Pereira foram presos suspeitos de envolvimento com a venda de entorpecentes. De acordo com a polícia eles mantinham uma boca de fumo na residência onde moram, onde mantém funcionando um bar. No cumprimento do mandado de busca e apreensão a PM encontrou 25 gramas de maconha, nove papelotes de cocaína, quatro gramas de crack, uma cápsula de munição calibre .38 e um coldre de couro. O delegado da Polícia Civil de Itanhém Jorge da Silva Nascimento autuou o casal.

Em Medeiros Neto o cigano Delvando Alves Silva foi preso após assumir ser o proprietário do revólver Smith & Welsson 357 Magnum, nº 36.354 e cinco cartuchos, que foi apreendido durante cumprimento do mandado de busca e apreensão, referente processo nº 00011098-78.2012.805.0165, no qual determinava a apreensão de armas em duas residências de Diran Cigano, que é vereador eleito pelo PSDB, pelo município de Medeiros Neto, com 677 votos. O acusado é primo de Diran e foi apresentado ao delegado da Polícia Civil de Medeiros Neto, Kleber Eduardo Gonçalves.

Por Edelvânio Pinheiro


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21