banner
publicidade
publicidade

Operador de drone é preso sem licença e por causar riscos à navegação aérea

Foto: Divulgação/PMBA
Foto: Divulgação/PMBA

 

O Grupamento Aéreo (Graer) da PM prendeu em flagrante, no final da manhã de quarta-feira (14), um operador de drone por não estar devidamente licenciado e colocar em risco à navegação área, descumprindo a legislação.

A Polícia Militar foi acionada através do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo (DTCEA) para atender uma ocorrência envolvendo um drone, que colocava em risco a navegação aérea do helicóptero da Rede Record durante sobrevoo na região de Porto Seco Pirajá.

Ao chegar ao local da denúncia, os policiais do Graer identificaram o operador da aeronave remotamente pilotável que, mesmo com a aproximação da aeronave policial, manteve a posição de voo e altitude. Posteriormente, o homem tentou fugir, mas foi preso e conduzido à sede da Coordenação de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil, onde foi lavrado o flagrante.

Ele foi enquadrado nos artigos 132 e 261 do Código Penal, por expor a perigo embarcação ou aeronave e a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente, além do artigo 33 da Lei de Contravenções Penais por dirigir aeronave sem estar devidamente licenciado, uma vez que ele não tinha nenhuma documentação necessária para a operação do equipamento.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21