banner
publicidade
publicidade

Pai, mãe e filhos morrem em queda de avião

A fumaça podia ser vista a uma distância de até 4 km. Foto: Reprodução de TV

Quatro pessoas morreram na queda de um avião bimotor ao lado da Rodovia Anhanguera, em Jundiaí, São Paulo, na tarde deste sábado.

Dois homens, entre eles o piloto, e uma mulher tiveram os corpos carbonizados. As quatro vítimas pertenciam à mesma família. Pai, mãe e dois filhos morreram no acidente. São eles: Arnaldo Soares dos Santos Neto, de 50 anos, Kênia Maria Tunertini dos Santos, de 49, Ana Luisa Tubertini dos Santos, de 19, e Arnaldo Soares dos Santos Junior, 13.

A aeronave decolou de manhã do Aeroporto Estadual Comandante Rolim Adolfo Amaro, em Jundiaí, e seguia para Batayporã, no Mato Grosso do Sul. O avião ficou completamente destruído quando caiu. Nenhum imóvel foi atingido. A fumaça era vista a mais de quatro quilômetros de distância. A causa do acidente ainda é desconhecida.

Foto: Reprodução

Uma imagem do piloto Arnaldo Soares dos Santos Neto, de 50 anos, foi registrada antes de o avião em que ele viajava com a família cair em Jundiaí (SP) na tarde deste sábado. Segundo familiares, a aeronave tinha passado por uma vistoria dias antes do acidente e o piloto, que morreu na queda, era experiente em voos.

Kênia Maria Tunertini dos Santos, de 49 anos; Ana Luisa Tubertini dos Santos, de 19; e Arnaldo Soares dos Santos Junior, 13, eram mulher e filhos do piloto e também morreram.

A aeronave decolou de manhã do Aeroporto Estadual Comandante Rolim Adolfo Amaro, em Jundiaí, e seguia para Batayporã, no Mato Grosso do Sul. O avião ficou completamente destruído quando caiu ao lado da Rodovia Anhanguera. Nenhum imóvel foi atingido. A fumaça era vista a mais de quatro quilômetros de distância. A causa do acidente ainda é desconhecida.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21