banner
publicidade
publicidade

Painel:Bastidores de Brasilia

Painel:Bastidores de Brasilia

Pai de todos – Como se trata de Lula, ninguém falará isso de público, mas, no PT, muita gente avalia que, se a eleição para o Planalto não se resolver em primeiro turno no próximo domingo, a responsabilidade será ao menos em parte do presidente da República e de sua opção por esticar a corda ao máximo com os adversários e a imprensa na reta final da campanha.

Como costuma acontecer quando as dificuldades batem à porta, multiplicam-se as explicações. Outra que também diz respeito a Lula é a de que o presidente, dando Dilma por eleita, teria dispersado energia antes da hora para ajudar aliados nos Estados.

Deixa comigo – Na reunião de coordenação, ontem, Lula disse que, se sua própria avaliação e a do governo subirem um pouco mais, Dilma estará eleita no primeiro turno. Por isso, pediu que, daqui para frente, seus subordinados batam ainda mais bumbo sobre as ações comandadas por ele.

Oremos – Petistas aproveitaram a presença de cerca de 40 prefeitos no comício de segunda em SP para uma rápida reunião: a eles foi encomendado manifesto em defesa de Dilma a ser levado a diferentes segmentos, sobretudo a líderes religiosos.

Oremos 2 – O boato que mais dor de cabeça deu ao PT foi espalhado via e-mail e atribui a Dilma a frase “nem mesmo Cristo querendo, me tira essa vitória’”. O partido nega que ela tenha dito isso.

Blindada – A assessoria petista montou “cercadinho” com grades para a visita de Dilma à rodoviária de Brasília, deixando-a afastada da imprensa e do público.

Reativa – O núcleo dilmista orientou a candidata a não comprar briga com Marina Silva (PV). Nos bastidores, contudo, o contra-ataque corre solto. Petistas destilam notícias sobre o histórico do marido da senadora e relembram as prisões no Ibama quando ela era ministra.

Tá vendo? – No PSDB, dissemina-se o temor de que José Serra encare a eventual passagem para o segundo turno como sinal de que sua campanha vai muito bem e não precisa de mudanças.

Desabafo – Avaliação de um tucano muito próximo do candidato: “Se Serra for para o segundo turno, terá sido por mérito pessoal. Mas, para ganhar, ele precisa, além do mérito pessoal, de aliados”.

Déjà vu – Ainda sob efeito do indigesto incidente no metrô na semana passada, tucanos de São Paulo já cuidam de politizar a greve dos funcionários da CPTM, que ameaça paralisar os trens da capital na sexta-feira, antevéspera da votação.

Tiroteio

“Teste de alfabetização não quer dizer nada para o Tiririca. A pergunta a responder é se ele acha engraçado eleger mensaleiro”

Do deputado JOSÉ ANÍBAL (PSDB-SP), comentando a possibilidade de o palhaço, candidato à Câmara na coligação liderada pelo PT, ser submetido a uma prova de leitura e escrita para atender aos requisitos da legislação.

Contraponto

Com a mão no bolso – Em visita à Bienal de SP no domingo passado, Eduardo Suplicy viu o pavilhão do Ibirapuera ser tomado por integrantes do grupo Oficina. Sob a direção de Zé Celso Martinez Corrêa, eles encenavam releitura de “O Bailado do Deus Morto”, de Flávio de Carvalho.

Vários atores e atrizes estavam nus. Alguns carregavam escultura que simulava um pênis gigante. Observando atentamente a movimentação, o senador petista fez sua resenha particular da Bienal:

– Tem muita enrolação. Mas isso aqui tá bem feito!


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21