banner
publicidade
publicidade

Painel:Bastidores de Brasília

Painel:Bastidores de Brasília

Pegou o título?

Ciente de sua penetração nas camadas de menor escolaridade, o PT prepara campanha ostensiva para frisar que neste ano o eleitor terá de comparecer às urnas munido simultaneamente do título de eleitor e de um outro documento com foto. O partido teme que um eventual aumento no percentual de abstenção prejudique seus candidatos e vê na conscientização uma medida preventiva.

A exemplo do que Lula faz em comícios, os petistas esbanjarão didatismo ao lembrar os prazos para emissão de segunda via do título nos cartórios e ensinarão como evitar transtornos em 3 de outubro. A ofensiva terá espaço nobre no horário de TV da legenda.

Irrevogável

A direção petista cogitou consultar o TSE sobre a revisão da medida, mas ela consta da lei 12.034, de 2009. Eventual revogação dependeria de ação direta de inconstitucionalidade endereçada ao Supremo Tribunal Federal. Estamos alertas porque o eleitorado mais simples é uma faixa em que somos muito fortes, diz o presidente do partido, José Eduardo Dutra.

Chicana

O receio do PT é que a exigência legal reduza o comparecimento – de 81% em 2006. Lula evidencia o temor em seus discursos. Vocês sabem que este ano vão precisar de dois documentos pra votar? Sempre querem dificultar a vida das pessoas mais pobres, disse no dia 4 em Guarulhos.

Eu avisei 1

A ultrapassagem de Marta Suplicy por Netinho de Paula (PC do B) no Datafolha, ainda que dentro da margem de erro, deu argumento a petistas segundo os quais a ex-prefeita deveria estar fazendo uma campanha mais amarrada à do restante da chapa e à base popular que construiu quando administrou a prefeitura da capital paulista.

Eu avisei 2

2 No entender desses petistas, que apostam na continuidade do crescimento de Aloysio Nunes (PSDB), hoje em quarto lugar, o caminho para Marta assegurar sua eleição passa por uma vinculação maior com a campanha de Netinho.

Pulverizado

O ato de apoio a Aloizio Mercadante que o PT havia programado para esta segunda-feira no Parque Anhembi foi substituído por um dia de mobilização em todo o Estado.

Pois não

Dilma Rousseff pediu ao amigo Fernando Pimentel (PT), candidato ao Senado, um engajamento maior na campanha de Hélio Costa ao governo de Minas. O primeiro resultado prático é uma gravação, a ser exibida no programa do peemedebista, na qual os dois aparecem juntos numa grande favela de BH onde Pimentel fez obras quando prefeito.

Eu me amo

De Lula a aliados, em seu périplo paulista na semana passada: Todo mundo quer que eu grave, vá a comícios. Eu devia montar uma empresa de eventos e cobrar por isso.

Alfândega

Fracassou o projeto de aumentar a renda do PT com a venda de ‘lulinhas. O partido, por meio de um empresário, negociou a confecção das miniaturas do presidente com uma empresa chinesa, mas as duas partes não se acertaram.

Tiroteio

Eles morrem de inveja do governo do PSDB, que tem uma eficiência que a companheirada do PT nem em 50 anos vai conseguir.

DO DEPUTADO FEDERAL EDSON APARECIDO (PSDB-SP), sobre declaração de Lula na quinta-feira em Ribeirão Preto. Segundo o presidente, os tucanos já ficaram demais no poder em São Paulo e devem ceder espaço a outro partido.

Contraponto

Fronteira eleitoral

Um assessor do deputado estadual Ricardo Montoro (PSDB-SP), que neste ano tentará vaga na Câmara, viajou a Curitiba para ver a família e aproveitou para visitar o comitê do correligionário Beto Richa. De volta a São Paulo, fez um relato entusiasmado ao chefe:

– Fui muito bem recebido!

– E como está a campanha lá?, indagou Montoro.

Aparentemente ignorando o fato de que um candidato ao Legislativo por um Estado não poder ser votado em outro, o assessor respondeu sem titubear:

– Ah, fique tranquilo… Nós teremos muitos votos lá!


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21