banner
publicidade
publicidade

PAÍS DIFICILMENTE VOLTARÁ A CRESCER ENTRE 1% E 2% NO GOVERNO DILMA, DIZ MAÍLSON

PAÍS DIFICILMENTE VOLTARÁ A CRESCER ENTRE 1% E 2% NO GOVERNO DILMA, DIZ MAÍLSON


O ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega afirmou nesta segunda-feira, 30, que a economia do Brasil dificilmente voltará a crescer entre 1% e 2% no segundo governo Dilma Rousseff.

As razões para tal previsão devem-se, segundo ele, ao erros cometidos pela administração da presidente em seu primeiro mandato (2011-2014), disse durante palestra na 3ª Conferência do Agronegócio, promovida pelo BESI Brasil, em São Paulo.

Maílson afirmou que “dificilmente” deve ocorrer um processo de impeachment contra Dilma e que isso não é o ideal para o País em virtude das instabilidades que provocaria. Por fim, destacou que os problemas enfrentados hoje pelo Brasil devem “infligir uma grande derrota ao PT” nas eleições presidenciais de 2018.

O ex-ministro disse também que a situação fiscal do Brasil é delicada e que é provável que o superávit primário não alcance a 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2015, como projetado pelo atual chefe da pasta, Joaquim Levy. Citando previsão da Tendências, consultoria da qual é sócio, ele comentou que esse porcentual deve ficar em 0,8%. “Acho que ninguém está esperando 1,2% depois do resultado ano passado”, frisou.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21