banner
publicidade
publicidade

Paralisação 24 hs da Polícia Civil da Bahia

A diretoria do SINDPOC realizou na manhã desta terça-feira (3) assembleia geral para deliberar assuntos pertinentes à categoria, como prestação de contas, alteração estatutária, pagamento da URV, aposentadoria especial e remuneração correspondente a carreira de nível superior para o plantão do Carnaval 2014.

 Durante a apresentação do balanço financeiro da atual gestão, que contou com a presença de representantes do Conselho Fiscal, do contador Felisbelo Vilaça e do advogado Mhércio Monteiro, os trabalhadores puderam avaliar o desgaste sofrido pela entidade no período anterior a maio de 2008. “Foi preciso energia e competência para administrar os projetos para nossa categoria e ainda viabilizar a construção de patrimônio para o sindicato”, disse o presidente do SINDPOC Marcos Maurício ao salientar que a entidade dispõe atualmente de cinco escritórios jurídicos para suporte em todo o Estado em ações de diversos tipos, inclusive júri, e assistência social para aposentados e pensionistas em caráter excepcional.

“Hoje os associados do interior têm acesso igualitário às assistências que os companheiros da capital, como ações de defesa e garantias. Além disso, construímos e conseguimos com que fosse aprovada a Lei Orgânica da Polícia Civil da Bahia, o reenquadramento de todas as carreiras e ainda oferecemos estrutura de amparo social com o novo clube que será inaugurado no próximo dia 21”, comemora Marcos ao destacar que em cinco anos de luta os diretores dos últimos dois mandatos estão mudando uma história.

Conforme o estatuto social do SINDPOC as contas da entidade têm sido acompanhadas e avaliadas pelos conselheiros mensalmente. “O balancete apresentado pelo contador demonstra em números o que vem sendo executado na prática”, afirmou o conselheiro fiscal Joselírio de Souza ao ler integralmente a ata de aprovação das contas assinada pela maioria dos membros do Conselho Fiscal, já que não houve nenhuma manifestação contrária aos resultados exibidos. Todas as contas aprovadas encontram-se a disposição dos associados, basta solicitar vistas.

“Os resultados positivos comprovam a competência e o compromisso da diretoria vigente. Com trabalho sério e honestidade este grupo tem construído alicerces que marcam a vida dos policiais civis baianos”, analisou Joselírio.

Na ocasião, a diretoria apresentou ainda uma proposta de reforma estatutária para apreciação da plenária, mas um grupo de oposição inviabilizou o andamento do debate. Diante da falta de civilidade a categoria solicitou a ampliação da discussão e já marcou para o dia 6 de janeiro a próxima assembleia para análise do assunto.  Adesão à mobilização conjunta com policiais e rodoviários federais com 24h de paralisação nesta quarta-feira (4),   e em parceria com a AFPEB pelo pagamento da URV no dia 17 foram igualmente deliberadas e aprovadas.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21