banner
publicidade
publicidade

PF INDICIA ANDRÉ GERDAU POR CORRUPÇÃO E MAIS 18 NA OPERAÇÃO ZELOTES

PF INDICIA ANDRÉ GERDAU POR CORRUPÇÃO E MAIS 18 NA OPERAÇÃO ZELOTES


A Polícia Federal indiciou o empresário André Gerdau e mais 18 investigados da 6ª fase da Operação Zelotes, entre conselheiros e ex-conselheiros do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), advogados e membros da diretoria da empresa siderúrgica Gerdau, suspeita de tentar sonegar R$ 1,5 bilhão.

Gerdau foi indiciado por corrupção ativa. A PF encaminhou à Justiça Federal em Brasília, na sexta-feira, 13, o relatório final do inquérito. O indiciamento ocorre menos de 3 meses depois da deflagração da 6ª fase da Zelotes. Em fevereiro deste ano, o empresário André Gerdau, presidente da empresa, foi alvo de mandado de condução coercitiva.

Na ocasião, o advogado Arnaldo Malheiros Filho, que defende Gerdau, afirmou que ‘eles não sonegaram absolutamente nada’. Segundo o criminalista, ‘existe um auto de infração e eles (Gerdau) usaram o recurso que a lei permite’.

“Foram ao Carf. A contratação de escritório de advocacia não ocorreu para corromper ninguém. Seria paga uma taxa de êxito, mas como não houve êxito nenhum não se pagou nada. Em três ou quatro casos um único foi julgado e a Gerdau perdeu o que demonstra que não havia nenhuma corrupção. Aí estourou a operação Zelotes e os outros procedimentos não foram nem julgados. Ou seja, nunca pagaram nada para advogado nenhum e nem sonegaram nada. Estavam apenas pedindo ao Ministério da Fazenda o que achavam que era direito”, disse Arnaldo Malheiros Filho. As informações são do Estadão.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21