banner
publicidade
publicidade

Planserv alerta: hipertensão arterial pode ser evitada, mas quem tem a doença precisa tratar

Planserv alerta: hipertensão arterial pode ser evitada, mas quem tem a doença precisa tratar

 

A hipertensão arterial, mais conhecida como pressão alta, atinge 30 milhões de pessoas no Brasil. O pior é que 48,1% das pessoas com pressão alta sabem do problema, mas não fazem qualquer tipo de tratamento, de acordo com uma pesquisa divulgada neste mês de abril pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Diante deste quadro, o Planserv – Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais aproveita o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial (26 de abril) para alertar seus beneficiários sobre a importância de manter a pressão arterial controlada.

Doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias, a hipertensão faz com que o coração tenha que exercer um esforço maior do que o normal para fazer com que o sangue seja distribuído corretamente no corpo. A forma mais eficaz de descobrir a doença é aferindo a pressão regularmente – no mínimo, uma vez por ano. “Para pessoas que já têm o diagnóstico da doença, recomendamos que a aferição seja mensal, para checagem da eficácia das medicações de controle”, destaca o Cardiologista do Planserv, Rogério Ferreira da Silva.

De acordo com o Ministério da Saúde, é preciso ficar atento quando a medida da pressão se mantém frequentemente acima de 140 por 90 mmHg, ou 14 por 9, como se costuma dizer. Vale destacar que a pressão alta pode ser silenciosa, sem sintomas aparentes. Este fator pode atrapalhar o diagnóstico em pessoas mais desatentas com a própria saúde, sobretudo os homens, que costumam se cuidar menos, embora sejam os mais atingidos pela hipertensão arterial.

Apesar de ser uma disfunção genética, a hipertensão pode ser influenciada por hábitos de vida inadequados, como a ingestão excessiva de sal ou de bebida alcoólica, além da obesidade e do sedentarismo. Por isso, além de fazer o acompanhamento dos índices da pressão arterial, é fundamental adotar hábitos saudáveis. “As pessoas precisam abandonar o sedentarismo e praticar pelo menos uma caminhada de 30 minutos por sua de três a cinco vezes por semana”, sugere o Cardiologista do Planserv.

Outras dicas do médico para prevenção da hipertensão são evitar alimentos muito gordurosos e/ou muito salgados; reduzir ou evitar o consumo de bebidas alcoólicas; parar de fumar; evitar o estresse e não interromper o tratamento com remédios sem a orientação de um Cardiologista.

A hipertensão arterial crônica não tem cura, mas deve ser tratada para impedir complicações. A automedicação deve ser evitada, pois pode acarretar inúmeros riscos para o paciente. “Somente um médico pode prescrever o medicamento correto e na quantidade adequada para cada pessoa”, conclui Rogério Ferreira.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21