banner
publicidade
publicidade

PP baiano apoia Dilma e Rui Costa

Vice-presidente estadual do PP, o deputado federal João Leão, confirmou nessa terça-feira (27/5) a continuidade da aliança do partido com a presidente da República, Dilma Rousseff (PT), para as eleições de outubro, além da participação como vice na chapa para o governo do estado ao lado do pré-candidato Rui Costa (PT).

O parlamentar almoçou com Dilma junto com demais lideranças nacionais do PP, entre eles o presidente Ciro Nogueira e o líder do bloco PP-PROS na Câmara Federal, Eduardo Henrique da Fonte. O deputado relatou o cenário baiano e destacou o andamento das obras federais no estado, a exemplo da Ferrovia Oeste-Leste (Fiol).

“Está firmado que vamos acompanhar a presidente Dilma Rousseff”, afirmou ao relatar o encontro “agradável” e elogiar a petista.

Leão também descartou que deixará de concorrer na vice com o PT nas urnas estaduais, atribuindo a rumores falsos espalhados nas redes sociais. “Quando eu entro em um barco é para arrumar, fazer com que chegue à praia com sucesso, cheio de peixe. Eu entrei e, seguindo Jesus Cristo, vou fazer de tudo para multiplicar os peixes”, brincou.

O deputado minimizou as pesquisas do Instituto Ibope que deram vantagem à chapa encabeçada por Paulo Souto (DEM). “A mesma coisa aconteceu das outras vezes, quando Souto estava com 64% e Wagner com 8% e no final Wagner ganhou. Assim também aconteceu em 2010, mas daqui a pouco eles voltam ao limite deles que é de 17%, 18%”, previu.

Segundo ele, o clima é de engajamento na campanha de Rui. “Estamos fazendo o PGP- Programa de GovernoParticipativo, que está sendo uma maravilha. Passamos sábado por Vitória da Conquista, domingo por Brumado e Barreiras, onde permaneci, e também por Luis Eduardo Magalhães e está tudo bem. Estamos nos preparando para ganharmos no primeiro turno”, enfatizou.

As polêmicas do partido também foram afastadas pelo progressista. Para o deputado, não houve impasses referentes à definição de seu filho Cacá Leão para a corrida à Câmara Federal e o afastamento do ex-deputado estadual Roberto Muniz. “O nosso Roberto Muniz passou a ser coordenador do programa de governo ao lado de Jerônimo Rodrigues e a polêmica é zero. O entendimento é que Cacá vai ajudar na subida de vários deputados para federal”, justificou.

Ele também comentou a escolha do correligionário e presidente estadual do PP, Mário Negromonte, para o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). “Mário é um homem de bem que eu conheço há muito tempo. Vasculharam a sua vida depois que ele saiu do Ministério das Cidades e nada encontraram”, afirmou.

*TB


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21