banner
publicidade
publicidade

Programa de restauração ambiental da Fibria recupera Mata Atlântica na Bahia

Programa de restauração ambiental da Fibria recupera Mata Atlântica na Bahia

Empresa já implantou 5.400 hectares de restauração, contribuindo para a recomposição da Mata Atlântica no estado

 

Hoje, 17 de julho, comemora-se o Dia de Proteção às Florestas e a Fibria aproveita a data para destacar o resultado do Programa de Restauração Ambiental, iniciativa que a empresa desenvolve desde 2010 e que vem contribuindo para ampliar a cobertura vegetal nos estados onde atua. Somente no Espírito Santo, até o final de junho, o programa contemplou 5.400 hectares de áreas protegidas da empresa, o que equivale a cerca .de 5.400 campos de futebol.

 

A restauração ambiental faz parte das Metas de Longo Prazo que a Fibria planeja alcançar até 2025. A meta da empresa é promover, até 2025, a implantação de 40 mil hectares, sendo 30 mil do bioma Mata Atlântica e 10 mil do bioma Cerrado nos estados onde atua: Espírito Santo, Minas Gerais, São Paulo, Bahia e Mato Grosso do Sul.

 

Com o Programa, a Fibria busca proteger o solo e os cursos d’água de processos de erosão e aumentar a biodiversidade das regiões onde atua.

 

Metodologia – A Fibria utiliza diferentes técnicas para ajudar a Mata Atlântica a se recompor, incluindo a condução da regeneração natural, o isolamento da área de fatores de degradação,  o plantio de mudas de árvores nativas e o plantio consorciado de eucalipto e nativas, este último podendo ser empregado apenas em áreas de Reserva Legal. A restauração ambiental adota, ainda, o controle de espécies exóticas, ou seja, espécies que não são naturais da região.

 

A escolha da técnica a ser utilizada leva em conta o mapeamento das áreas de reserva da empresa, que é feito a partir do uso de fotografias aéreas, imagens de satélite e edição de mapas. O levantamento a partir das imagens permite identificar o estado de conservação das áreas, orientando o planejamento da restauração ambiental.

 

Pacto – A Fibria é signatária do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, que prevê a recuperação de 15 milhões de hectares de florestas no Brasil até o ano de 2050. A iniciativa reúne mais de uma centena de instituições e empresas que vem contribuindo para recuperar uma parcela importante da cobertura verde do país.

 

Sobre a Fibria – Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria possui capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, com fábricas situadas em Três Lagoas (MS), Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Eunápolis (BA), esta última onde mantém a Veracel em joint venture com a StoraEnso. Em sociedade com a Cenibra, opera o único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, Portocel (Aracruz, ES). Com uma operação integralmente baseada em plantios florestais renováveis, a Fibria trabalha com uma base florestal própria de 970 mil hectares em áreas localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Bahia, dos quais 343 mil são destinados à conservação ambiental. A Fibria mantém cerca de 18.900 trabalhadores, entre empregados diretos e indiretos, e está presente em 254 municípios de sete Estados brasileiros.

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21