banner
publicidade
publicidade

Projeto da Universidade Federal do Sul da Bahia

Os prefeitos do extremo sul da Bahia se reuniram na manhã de segunda-feira (25) com a Comissão de Implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufsba), em Teixeira de Freitas, para a primeira reunião de trabalho de 2013. O inovador projeto foi apresentado aos novos gestores municipais por solicitação da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e prefeitura anfitriã.

Sugestões foram feitas à comissão, que apresentou a contrapartida necessária dos municípios, a saber, a disponibilização de locais para funcionamento dos Colégios Universitários (Cuni), e para a construção do campus da universidade, que demandará de 4 a 5 anos. O prefeito João Bosco destacou que, em Teixeira de Freitas, “os locais já estão sendo providenciados para os Colégios Universitários, e também para a construção do nosso campus – ontem mesmo nós levamos o professor Naomar e a comissão para visitar alguns terrenos que já estão em estudo”. De acordo com o professor Naomar Almeida, presidente da comissão, “nesse sentido, Teixeira de Freitas é a mais avançada em relação aos campi de Itabuna e Porto Seguro”.

Pautada em valores como inclusão social, compromisso com a educação básica, promoção do desenvolvimento regional e excelência acadêmica, a Ufsba possui conceito inovador e funcionará em sistema de ciclos: bacharelado interdisciplinar, formação profissional e pós-graduação. O primeiro ciclo, nos Colégios Universitários, selecionará seus candidatos a partir do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), possibilitando a progressão acadêmica baseada no mérito.

Para a distribuição dos Colégios nas cidades em todo o sul da Bahia, foram observados critérios como o número habitantes e número de egressos do Ensino Médio. Assim, o campus de Teixeira de Freitas, conforme apresentação do projeto, terá 300 vagas em sua sede e outras 1 000 nas cidades do entorno.

Através de ambiente virtual de aprendizagem, todos os estudantes da rede, nas três cidades-sede, terão o mesmo nível de ensino e avaliação – mesmas condições – para galgarem os outros ciclos, a partir do seu desempenho nos Colégios Universitários, podendo chegar ao doutorado.

“Essa é uma grande oportunidade não apenas para os teixeirenses, mas para toda a região. É uma forma de ensino moderna, e nós já estamos adiantando tudo o que podemos para que a universidade federal comece a funcionar o quanto antes. Esse é o futuro que nós queremos para a nossa cidade, que todos tenham a perspectiva de estudar, de crescer e de construir uma Teixeira de Freitas melhor”, salientou o prefeito João Bosco.

A previsão para início das atividades da Ufsba é para 2014, contudo, sua existência legal depende ainda da aprovação do Projeto de Lei pelo Congresso Nacional, “Já está em fase final de tramitação, está na última comissão, que é a Comissão de Constituição e Justiça, e vai para o Senado, então, são duas etapas que ainda faltam ser cumpridas”, disse professor Naomar.

No intuito de acelerar a aprovação projeto, João Bosco sugeriu que todos os prefeitos assinassem o termo de adesão comprometendo-se na parceria para a instalação das estruturas da Universidade e encaminhassem ofício ao governador do estado, Jaques Wagner, e deputados federais, solicitando urgência na aprovação. O deputado federal Valmir Assunção estava presente na reunião e se comprometeu com a causa, afirmando ainda que “a Universidade é uma oportunidade única para os filhos da terra e uma contribuição ímpar para o desenvolvimento da região”.

O presidente da comissão esclareceu que a aprovação no Senado tem que se dar até o mês de março/abril, para que haja tempo hábil para abertura dos editais, e, ainda segundo o professor, o início das atividades enseja também que os três campi e os Cuni já tenham local específico.

Endossando a importância da manifestação dos gestores municipais, João Bosco destacou que este é um dos passos para a modernização e desenvolvimento das cidades do sul e extremo sul baiano. “Três demandas cruciais para a nossa região a médio prazo são a duplicação da BR-101, o aeroporto, e a implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia. Se conseguirmos um destes, já será o primeiro passo para conseguir os demais, por isso estamos abraçando a instalação da Ufsba e fazendo todo o possível para que aconteça o quanto antes”, declarou o prefeito.

Afora os citados, estiveram presentes os prefeitos de Alcobaça, Bernardo Olívio; Caravelas, Jadson Ruas; Ibirapuã, Rildo Ferreira; Itanhém, Milton Ferreiras, conhecido por Bentivi; Jucuruçu, Uberlândia Pereira; Lajedão, Humberto Carvalho, Betão; além dos vice-prefeitos de Teixeira de Freitas e Alcobaça, Gilberto Santos e José Carlos, e secretários de Educação dos municípios; diretor da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), campus X, Décio Bessa; diretora da 9° Diretoria Regional de Educação (Direc-09), Maria Dias Assunção, dentre outras autoridades. (Ascom PMTF)


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21