banner
publicidade
publicidade

Projeto Feira do Empreendedor

Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma, (…) todo o universo conspira a seu favor!” W. Goethe

O CEEV – Colégio Batista foi a primeira escola da cidade de Teixeira de Freitas a implementar o ensino de Empreendedorismo na estrutura curricular dos alunos do ensino fundamental II, tal proposta de ensino tem como base fundamental o desenvolvimento de sonhos. Como é aprendido e discutido em sala “um empreendedor é alguém que sonha e busca transformar seus sonhos em realidade”. Sendo assim, incentivamos os nossos alunos a sonharem com o seu próprio empreendimento e os desafiamos a colocá-lo em prática, depois de realizar os estudos teóricos necessários.

Os alunos têm uma aula de empreendedorismo por semana. Eles aprendem um pouco mais sobre o espírito empreendedor, quais são as características que os mesmos precisam ter para alcançarem seus objetivos; Aprendem também administrar um pouco melhor suas finanças, controlando o que sai e o que entra; Experimentam vários jeitos de como conseguir dinheiro; E entendem e vivenciam as suas capacidades para criarem, inovarem e surpreenderem a todos.

No CEEV, o empreendedorismo é aplicado de diversas formas como: CINE EMPREENDEDOR: através de filmes eles percebem onde e como é aplicado o empreendedorismo e quais são as características empreendedoras de cada personagem; PALESTRAS com administradores, empresários, psicólogos; VISITAS às empresas locais, entrevistando assim seus empresários; FEIRA EMPREENDEDORA: oportunidade em que os alunos, organizados em equipes mostraram o trabalho desenvolvido durante o ano letivo a partir do funcionamento da sua própria empresa.

hugoceev2

O mais interessante é que o professor da disciplina é um jovem, quase da mesma idade dos alunos, o que facilita e torna-se muito mais fácil e clara a comunicação.

Hugo Gouveia, o atual professor de Empreendedorismo, graduando em Psicologia, afirma que o empreendedorismo desperta nos alunos o espírito empreendedor, potencializando aspectos cognitivos, emocionais e comportamentais, para uma postura ativa diante da vida, lapidando assim cidadãos capazes de mudarem o mundo através de suas ações.

“Em minha formação escolar conheci e vivenciei muito o empreendedorismo, uma disciplina que me ajudou e me ajuda até hoje em algumas decisões que preciso tomar, por isso defendo o ensino dessa disciplina nas escolas, pois nossos alunos desenvolvem características empreendedoras; aprendem a trabalhar em equipe; aprimoram a visão empreendedora; compreendem a importância de muitas atitudes para alcançar o seus sonhos e cultivam a cultura do empreendedorismo valorizando a postura do ser em detrimento do ter. Sou professor de empreendedorismo com muito orgulho, pois tive grandes professoras empreendedoras, as quais sou muito grato: Priscila Alves e Danielle Policário. Hoje tento passar aos meus alunos tudo o que absorvi delas.” Conclui Hugo.

hugo ceeev

Ensinamos e mostramos na prática que todos nascemos empreendedores, pois queremos que os nossos alunos não sejam apenas empresários ou patrões bem sucedidos financeiramente, por outro lado, queremos que mesmo como empregado ele tenha atitudes empreendedoras. Acima de tudo, que cultive o hábito de sonhar, aprenda a definir metas, ter iniciativa e busque a realização do seu sonho, independente se este tenha relação com ascensão financeira ou não.

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21