banner
publicidade
publicidade

Rainha da Suécia e Xuxa pedem agilidade para proposta que pune prática

O projeto que pune pais e responsáveis que utilizem castigo corporal ou tratamento cruel e degradante contra crianças e adolescentes ainda está na Câmara dos Deputados. Mas terá prioridade quando chegar ao Senado. Foi o que garantiu o presidente da Casa, José Sarney, do PMDB do Amapá, ao receber a apresentadora Xuxa Meneghel, que pediu agilidade na aprovação da proposta. De autoria da Secretaria Nacional de Direitos Humanos, o projeto modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente. O texto atual do ECA menciona apenas maus tratos, não sendo específico. Pela proposta, os responsáveis que se valerem da força física que resulte em dor ou lesão ao menor ou ainda humilhem, ameacem ou ridicularizem os filhos poderão ser enquadrados em dez tipos de medidas. Entre elas, o encaminhamento a um psicólogo, uma advertência e até a perda da guarda. Além de acompanhamento psicológico e educacional da criança. Para Xuxa, o projeto não é uma interferência do Estado na criação dos filhos. (Xuxa). REP: O senador José Sarney lamentou o aumento de violência contra crianças e adolescentes praticada pelos próprios familiares. (Sarney) REP: A rainha da Suécia, Silvia, também foi recebida pelo presidente do Senado. Na audiência, ela também tratou do combate à violência contra crianças e adolescentes. Segundo a senadora Marta Suplicy, do PT de São Paulo, a rainha comentou que essa lei, adotada na Suécia há mais de 30 anos, mudou a mentalidade dos pais. (Marta) REP: Ainda no encontro com o presidente Sarney, a rainha da Suécia discutiu a realização da conferência ambiental Rio Mais 20, marcada para o ano que vem no Rio de Janeiro, e as políticas de incentivo ao uso do etanol e de combate ao consumo de drogas.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21