banner
publicidade
publicidade

RECEITA DE IMPOSTOS CAI 3,5% NO 1º TRIMESTRE DE 2015 E EXPÕE CRISE NAS FINANÇAS

A queda de 1% no  PIB baiano no primeiro trimestre de 2015 em comparação com mesmo período de 2014, mostra a economia baiana está submetida a uma forte desaceleração em todos os setores, inclusive na administração pública, com a única exceção da Agropecuária.

O PIB da Administração Pública  na Bahia, que representa cerca de 20% do PIB baiano,  caiu 1,4% percentual bem maior que o verificado ao nível nacional de 0,1%.  Já a receita de impostos sobre produtos caiu 3,5%, queda muito maior que a verificada a nível nacional de 1,6%.

O desempenho dos setores que são os maiores contribuintes de impostos explica a preocupante situação das finanças estaduais, a exemplo da produção de refino de petróleo que caiu 40%,  devido a quase dois meses de paralização na produção, decorrente de problemas técnicos na unidade de Landulfo Alves.  E a produção de eletricidade e gás, água, esgoto e limpeza urbana caiu 12%.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21