banner
publicidade
publicidade

Recém-nascido morre vítima de crack

Imagem ilustrativa. Foto: Divulgação

A febre do crack não afeta somente os fumantes. Prova disso é a morte de um recém-nascido em Aparecida de Goiânia, vítima de intoxicação aguda causada pelo entorpecente.

De acordo com assessoria de imprensa do Hospital Materno Infantil (HMI), onde o bebê estava internado há quase uma semana, ele sofreu quatro paradas cardíacas e teve morte cerebral.

A criança tinha pouco mais de um mês e foi encaminhada a um hospital no Setor Garavelo. A mãe do bebê seria viciada em crack e a criança ainda teria inalado a fumaça após nascer. A equipe médica coletou material para análise toxicológica detalhada para saber exatamente qual substância causou a intoxicação. O resultado deve ficar pronto em quatro dias úteis


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21