banner
publicidade
publicidade

Rui diz que nenhum PM aderiu a movimento ‘político-partidário’ de deputado

Foto: Camila Souza/Gov-BA
Foto: Camila Souza/Gov-BA

 

O governador Rui Costa (PT) abriu o programa Papo Correria, em suas redes sociais, nesta terça-feira (8), informando que nenhum policial militar aderiu ao chamado de greve feito pelo deputado estadual Soldado Prisco.

Rui lamentou que o parlamentar esteja encampando o “movimento político-partidário” e relembrou da paralisação da PM em 2012.

“Quero iniciar tranquilizando a você, a sua família, aos baianos. A Polícia Militar, pais e mães de família que honram esta instituição, dão uma demonstração mais uma vez de responsabilidade, seriedade, e compromisso com baianos e baianas. E não aceitam a liderança de um deputado que quer fazer um movimento político-partidário, que em 2012 foi pego com áudios mandando tocar fogo em ônibus com crianças em transporte escolar. A Bahia e os baianos não merecem um deputado com este perfil. A Polícia Militar da Bahia não aceita, com absoluta certeza, com seus valores de disciplina, de família, de quem é pai e quem é mãe, ser liderada por uma pessoa com essas qualidades morais, éticas e de conduta, respondendo a vários processos criminais na justiça baiana e federal”, disse o governador.

Segundo Rui, o diálogo do Governo do Estado com a Polícia Militar está acontecendo “há semanas” de forma a encontrar uma forma onde, entre outras coisas, as promoções aconteçam com mais celeridade.

“A PM da Bahia está entre os 3 melhores estados do Brasil em condições de trabalho, seja em equipamentos e fluidez da carreira, mesmo a Bahia sendo o 18º em arrecadação. Estamos conversando para encontrar um modelo de promoções que tornem mais ágeis essas promoções. Vamos encontrar este modelo dialogando, com pais e mães de família que compõem essa instituição. A Bahia não quer ser ameaçada, não que ver deputado ou líder dizendo que vai tocar fogo em ônibus escolar”, destacou o governador, novamente citando o deputado.

“Não temos registro de nenhuma adesão em nenhum município da Bahia ao chamamento desta pessoa. Só ele ganha com essa ação criminosa. A sociedade perde, os policiais perderiam, e só ele ganha, na sua vaidade pessoal e irresponsável de conduzir pais e mães de família ao desastre”, acrescentou.

Rui ainda agradeceu aos policiais militares e pontuou que “todos sabem a que grupo político este deputado pertence. Nossos policiais não são massas de manobra de nenhum partido político e de nenhum grupo político”.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21